Nenhum Comentário

Geazi

Versículo bíblico: “Mas Eliseu lhe disse: “Você acha que eu não estava com você em espírito quando o homem desceu da carruagem para encontrar-se com você? Este não era o momento de aceitar prata nem roupas, nem de cobiçar olivais, vinhas, ovelhas, bois, servos e servas. Por isso a lepra de Naamã atingirá você e os seus descendentes para sempre”. Então Geazi saiu da presença de Eliseu já leproso, parecido com neve”. 2Reis 5.26,27

Exposição do texto: Como já estudamos em lições anteriores, Eliseu foi discípulo do profeta Elias durante um bom tempo. Ao lado de Elias ele aprendeu a respeito de Deus, sobre o ministério profético e foi escolhido para ser o sucessor de seu discipulador. Em seu ministério Eliseu também teve um discípulo, seu nome era Geazi. É importante saber que só está pronto para discipular quem um dia foi discipulado. Geazi é o retrato de um discípulo inconstante, incrédulo e ganancioso. Seu coração era completamente distante do coração de seu discipulador e, por não se submeter a uma caminhada de transformação, trouxe sobre si grande sofrimento.

Discussão:

1- Você já teve um Elias em sua vida?

2- O que é ser discípulo?

3- Há alguém em sua vida que você pode chamar de discípulo?

Objetivo: Compreender a importância de ser um discípulo.

Contexto: No episódio da cura de Naamã, vemos um dos momentos de inconstância de Geazi. Certamente este é o momento onde de forma clara é possível enxergar o quanto Geazi estava distante de ser como seu discipulador. Na lição anterior vimos em Eliseu o exemplo de um homem de Deus ao recusar recompensa pela cura de Naamã. Porém, infelizmente, nem todo discípulo é um reflexo de seu líder.

1- Eliseu se afastou da recompensa, Geazi correu em busca de recompensa. “Geazi, servo de Eliseu, o homem de Deus, pensou: “Meu senhor foi bom demais para Naamã, aquele arameu, não aceitando o que ele lhe ofereceu. Juro pelo nome do Senhor que correrei atrás dele para ver se ganho alguma coisa”. (2 Rs 5:20)”. Todo aquele que corre atrás de recompensas ilícitas está se afastando de Deus.

2- Eliseu exaltou o nome do Senhor, Geazi blasfemou o nome de Deus. Geazi jura pelo nome do Senhor ao correr para obter ganho pessoal ilícito. Em seu entendimento deturpado de Deus, via a atitude de seu líder como falta de firmeza com o estrangeiro. Ao alcançar Naamã ele inventa uma mentira e exige uma recompensa. “Geazi respondeu: “Sim, tudo bem. Mas o meu senhor enviou-me para dizer que dois jovens, discípulos dos profetas, acabaram de chegar, vindos dos montes de Efraim. Por favor, dê-lhes trinta e cinco quilos de prata e duas mudas de roupas finas” (2 Rs 5:22)”.

3- Eliseu não se abalou pela insistência de Naamã em recompensá-lo, Geazi cedeu a insistência. Geazi tinha um preço: trinta e cinco quilos de prata e duas mudas de roupas finas (2 Rs 5:22). Todo homem que tem um preço sempre está disposto a ceder diante de propostas. “respondeu Naamã, “leve setenta quilos”. Ele insistiu com Geazi para que aceitasse e colocou os setenta quilos de prata em duas sacolas, com as duas mudas de roupas, entregando tudo a dois de seus servos, os quais foram à frente de Geazi, levando as sacolas.(2 Rs 5:23)”. É no momento da pressão que o coração é revelado.

4- Eliseu foi usado para purificar um leproso, Geazi se tornou leproso. Geazi imaginou que ninguém saberia o que tinha acontecido. Voltou para casa, escondeu a prata e as roupas que tinha recebido de Naamã e se apresentou a Eliseu certo de que estava ileso. Para a surpresa de Geazi, seu líder já sabia de tudo o que tinha ocorrido. Deus havia revelado a Eliseu todo o acontecimento e um juízo já estava preparado. A lepra que estava em Naamã veio sobre Geazi. Imediatamente o seu corpo se encheu de feridas e marcas.

5- Eliseu foi sucessor de seu líder, Geazi nem chegou a ser profeta. Geazi foi desqualificado para exercer o ministério profético. A última menção de Geazi é como um bajulador de reis, um homem cujo propósito de vida se tornou entreter ímpios (2 Rs 8.4).

Conclusão: A história de Geazi deve nos levar a um momento de autoexame, oração e arrependimento. Geazi se tornou leproso pois seu coração já era leproso. Ele estava no melhor lugar, com as melhores pessoas mas não se deixou ser transformado. Deus te inseriu em uma igreja abençoada, com pastores e líderes abençoados e colocou você em um lugar especial chamado célula. A célula é um lugar de oportunidade de transformação. Não seja como Geazi que perdeu a oportunidade de se tornar um grande profeta pois menosprezou e rejeitou aqueles que Deus havia colocado em sua vida.

Aplicação: Aproveite a célula de hoje para orar uns pelos outros, expor o coração e edificar uns aos outros em amor.

Se você deseja mais informações a respeito do estudo de células, ligue para o pastor Flavinho (31) 98793-7701.

:: Pr. Leonardo Capochim