Nenhum Comentário

A graça e o encargo

Referência bíblica: “Sou grato para com aquele que me fortaleceu, Cristo Jesus, nosso Senhor, que me considerou fiel, designando-me para o ministério, a mim, que, noutro tempo, era blasfemo, e perseguidor, e insolente. Mas obtive misericórdia, pois o fiz na ignorância, na incredulidade. Transbordou, porém, a graça de nosso Senhor com a fé e o amor que há em Cristo Jesus” (1Timóteo 1.12-14).

Exposição do texto: Timóteo, como um jovem ministro e líder da igreja, recebe de Paulo instruções importantes para a comunidade que lidera e para a própria vida. Paulo se coloca como um exemplo de alguém que foi escolhido por Deus para cumprir uma missão. Ele lembra a Timóteo que ter sido escolhido por Deus não era uma questão de mérito, mas, sim, de graça divina.

Discussão:

1. O que você entende por meritocracia?

2. Como você entende a graça de Deus?

Objetivo: entender o nosso papel enquanto escolhido de Deus para serviço do reino.

Contexto: vivemos em um mundo de ação e reação, de trabalho e recompensa, de semeadura e colheita. Descobrimos isso ainda pequenos, quando tínhamos de tirar boas notas na escola e ter um bom comportamento para receber o presente desejado no Natal. No decorrer dos anos, a história não mudou, e praticamente em tudo o que nos envolvemos, a suma é: “Você deve fazer por merecer”. Até que um dia você ouviu o evangelho de Jesus Cristo e se deparou com algo que confronta toda a estrutura da vida humana, a graça de Deus.

1 – A graça é um dos temas bíblicos que mais desafiam a compreensão humana. Ela é como um incompreensível eco. Imagine uma pessoa irada consigo, diante de uma caverna gritando impropérios ao seu respeito. Sua expectativa é ouvir o eco de sua voz. Porém, para cada sentença de ódio e autoflagelação, ela ouve palavras amáveis e de aceitação. Ao berrar “eu te odeio”, de uma forma incompreensível, o eco lhe responde suavemente, “eu te amo”.

2 – Quando Paulo fala para Timóteo a respeito de seu chamamento, ele ensina seu filho na fé que Deus não lida com o homem baseado no que este faz ou deixa de fazer. Deus trabalha com os homens baseado em Sua graça e nela somente. Se existia alguém desqualificado para ser chamado por Deus como apóstolo, era Paulo. É ele mesmo quem declara isso ao dizer que: “Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna” (1Tm 1.15,16).

3 – Devido a todo o sistema vazio de graça em que fomos ensinados, transferimos a meritocracia para a nossa vida cristã e relacionamento com Deus. Achamos que para sermos usados por Deus é necessário que façamos por merecer. Esse tipo de pensamento tem sido usado por satanás a fim de paralisar muitos cristãos na obra de Deus. Ao inserir culpa no coração dos homens, o diabo lhes tira o vigor e a ousadia para se envolverem na obra de Deus, eles começam a se ver desmerecedores da honra de qualquer tipo de trabalho divino.

Conclusão: todas as vezes que você for tentado a desistir, por não ser perfeito o suficiente para cumprir a obra de Deus, lembre-se do apóstolo Paulo. Mesmo sendo pior dos pecadores, Deus o alcançou com a salvação. E, além disso, o chamou para o ministério e lhe confiou uma grande obra. Se o pior pecador pôde fazer para Deus tudo o que ele fez, você pode fazer ainda mais. Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34) e Ele “escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele” (1Co 1.27-29).

Aplicação: quais são as atividades da igreja ou da célula em que até hoje você não se envolveu por causa de seu passado? Compartilhe com seu líder de célula suas dificuldades de aceitação e perdoar você mesmo por erros cometidos antes de sua conversão. É tempo de se livrar da culpa, abraçar a graça de Deus e mergulhar na obra para a qual Ele te chamou.

Se você deseja mais informações a respeito do estudo de células, ligue para o pastor Flavinho (31) 98793-7701.

:: Pr. Leonardo Capochim