Nenhum Comentário

Estratégia de Josafá

Foto: Fanpage Lagoinha

Foto: Fanpage Lagoinha

Referência bíblica: “Então Josafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, adorando-O. E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coratitas, para louvarem ao Senhor Deus de Israel, com voz muito alta” (2 Crônicas 20.18,19).

Exposição do texto: o rei Josafá ou Jeosafat (que significa “Jeová é Juiz”) foi o 4º rei de Judá e reinou durante 25 anos. Era filho de Aza e Azuba. Durante o seu reinado houve grande combate à idolatria, pois destruiu os altos, quebrou as estátuas e outros. Conquistou Edom e fez reformas militares, políticas e religiosas. Durante o seu reinado também houve aliança com o rei Acabe, de Israel, na batalha contra os sírios, em que o rei Acabe foi morto, e também com Acazias, para que se construíssem barcos que fossem a Társis pegar ouro, mais foi repreendido pelo profeta Jeú. Seu reinado foi ameaçado por Moabe e Amom, com alguns dos meunitas, que formam a peleja contra Josafá, dizendo: grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria. E Josafá teve medo e se pôs a buscar o Senhor, e apregoou jejum em todo Judá.

Discussão

1 – Você já se viu cercado de inimigos e teve medo?

2 – Sua atitude diante dessa adversidade foi de alguma forma parecida com a de Josafá?

Objetivo: aprender como se comportar diante de inimigos e adversidades

Contexto: o reinado de Josafá já havia sido estabelecido e reconhecido pelo povo. O próprio Senhor o confirmou, Josafá ensinou por toda Judá o livro da lei (Bíblia de sua época), os altares foram destruídos. Porém ele fez uma aliança com Acabe, rei de Israel, desagradando ao Senhor. Depois disso, os filhos de Moabe e os de Amom foram pelejar contra Josafá.

Lição 1: quando acontece de nos encontrarmos numa situação difícil como a de Josafá, em que os inimigos nos cercam, e o repentino medo cai sobre nós, verdadeiramente nos sentimos oprimidos e estressados diante de tal situação. E muitas vezes nos perguntamos: Deus está me castigando? Por que está acontecendo isso? O que vai acontecer comigo? Podemos aprender muito com essa situação. Pelo que fez Josafá, ele pode, sim, se tornar um referencial para nos ajudar a lidar com as dificuldades da vida.

Lição 2: vamos ver qual foi a atitude de Josafá diante desse acontecimento: “Então Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram perante o Senhor e O adoraram. Dispuseram os levitas e louvaram o Senhor Deus de Israel, em voz alta, sobremaneira. Foram diante do exército e diziam: rendei graças ao Senhor porque a Sua misericórdia dura para sempre”.

Lição 3: diante de uma adversidade tão grande como a de Josafá, aprendemos que ele não murmurou, não procurou culpado, não imaginou um Deus que castiga por algo errado no passado, não fugiu do problema. Mas ele se prostrou em terra, adorou a Deus, entoou louvores ao Deus de Israel, lançou sobre Ele toda a sua confiança e clamou a Ele. E qual foi o resultado? “Tendo eles começado a cantar e a dar louvores, pôs o Senhor emboscada contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e foram desbaratados” (2 Cr 20.22).

Conclusão: seja qual for a dificuldade que você esteja passando, use essa arma poderosa que é render louvores a Deus. Muitas fortalezas são destruídas por meio do louvor, da entrega verdadeira ao Deus de Israel. Lance sobre Ele toda sua ansiedade, confie no Senhor, e em todo tempo renda louvores e ação de graças ao verdadeiro Deus.

Aplicação: Nesta semana no culto, no seu quarto ou quem sabe no GC, no momento de louvor, apresente-se diante de Deus como nunca antes. Quando o louvor começar, não se deixe desconcentrar se estiver num culto; apresente a Deus suas lutas, clame por perdão e entregue-se ao louvor e à adoração como nunca. Deixe acontecer naturalmente, concentre-se 100% somente no louvor a Deus. Algo maravilhoso você experimentará.

:: Pr. Thales Violante

Para mais informações a respeito do estudo de células, ligue para o pastor Flavinho (31) 98793-7701.