Nenhum Comentário

Jesus está no trono, mas Ele habita em mim

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

A Palavra de Deus pode ser considerada como um romance, pois ela descreve a relação de amor do Criador com a Sua criatura. Desde o livro de Gênesis até Apocalipse, há todo o desenrolar dessa história, de amor e bastante conturbada. Mas não do lado de Deus, pelo contrário, Deus nunca teve problema algum em amar, porque Ele ama de maneira incondicional. O grande problema sempre esteve do outro lado, no que se refere à Sua criatura. Desde que foram criados, o homem e a mulher demonstraram inconstância no seu relacionamento com o Criador. Haja vista terem dado ouvidos à serpente e serem contaminados pelo pecado (Gn 3).

Quando Deus providenciou o Salvador, Jesus, toda a humanidade passou a ter a oportunidade de se reconciliar com Deus mediante o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário. Jesus, chamado de Noivo, espera Sua Noiva, a Igreja de Cristo, os que Se entregam a Ele, para o grande dia das bodas do Cordeiro (Ap 19.7). Contudo, mesmo diante dessa contundente prova de amor, o homem continua sendo infiel a Jesus. Vivemos em uma época em que as pessoas não levam a fé a sério. Muitos têm uma compreensão muito aquém do que realmente é ser um cristão. Um cristão é medido pelo seu testemunho de vida, pelo seu nível de compromisso com Cristo.

A Bíblia descreve essa perfeita relação de Deus com o homem como uma relação de amor e fidelidade incondicionais, porque o amor do Senhor é incondicional. Deus nos ama não porque somos bons, mas porque Ele escolheu nos amar gratuitamente. Muitas pessoas foram bastante feridas e, por isso, têm dificuldades em crer no amor. Elas não creem, porque não conheceram o verdadeiro amor, conheceram apenas a paixão, e a paixão é passageira. O amor, no entanto, “é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes […]” (1Co 13.4). Talvez você nunca tenha ouvido seu pai dizer que o ama, ou já faz tempo que você não escuta alguém dizer que o ama. Mas neste momento Deus fala com você: “Eu te amo”. Deixe seu coração se encher com o amor do Senhor.

Deus abençoe!

:: Pr. Márcio Valadão