Nenhum Comentário

Melquisedeque

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

Referência bíblica: “E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo. E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra; e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo” (Gênesis 14.18-20).

Exposição do texto: Melquisedeque é um dos personagens mais enigmáticos da Bíblia, traz consigo mais de uma definição pelos biblistas, é tema de muita discussão para sabermos quem era esse personagem. Uma das coisas mais fantásticas nesse texto é que aprendemos que a Bíblia muitas vezes se autoexplica, e nessa passagem podemos buscar ajuda do escritor de Hebreus para nos trazer mais detalhes (Hb 7.1-3). Vejamos algumas informações importantes: Melquisedeque não é um nome e, sim, uma sigla, em que temos dois nomes no hebraico, Melech, que significa “Rei”, e “Tsedek”, que quer dizer “justiça”. Ele era sacerdote do Deus altíssimo e rei de Salém, que quer dizer “paz”, não tinha genealogia nem princípio de dias, nem fim de existência. Foi feito semelhante ao Filho de Deus e permanece sacerdote eternamente. Trouxe pão e vinho, e se mostrou superior a Abraão, que lhe pagou o dízimo muito antes da lei ser recebida por Moisés.

Discussão:

1) Afinal, quem era Melquisedeque?

2) Como podemos usar essa passagem para defender nossa fé?

Objetivo: compreender que Jesus é o Sumo Sacerdote (Hebreus 3.1), que fez expiação uma vez só por todos os pecados da humanidade, não sendo da linhagem de Arão, mas de uma classe superior de sacerdócio.

Contexto: os ensinamentos da passagem de Gn 14.18-20 nos trazem as seguintes lições:

Lição 1: Melquisedeque é uma tipologia de Cristo e de Seu sacerdócio eterno e universal. De acordo com fragmentos encontrados na caverna 11 de Qumran (manuscritos do Mar Morto), Melquisedeque ocupava uma elevada posição no reino celestial na teologia de Qumran. Ele estava associado à libertação do juízo divino, com um dia da expiação, que estava ligado ao último jubileu, que remete às 70 semanas de Daniel (Dn 9.24-27). Vemos que Melquisedeque não foi uma invenção dos cristãos para dar suporte ao sacerdócio de Jesus e, sim, um relato de Moisés, a quem foi dado o serviço de anunciar Cristo (João 5.46).

Lição 2: vemos claramente que Melquisedeque era superior a Abraão, pois este lhe pagou dízimos e foi abençoado. Quem abençoa é o superior e não o inferior. Vemos que Melquisedeque é de uma classe sacerdotal superior, e Davi mesmo disse, no Salmo messiânico 110.4, que o messias seria de um sacerdócio superior, segundo a ordem de Melquisedeque.

Lição 3: em 1 Pedro 3.15 é dito que devemos estar preparados para responder (‘apolagai’, no grego), defender nossa fé. E essa passagem, junto ao Salmo 110.4, nos dá embasamento para dizermos em alta voz: Jesus Cristo é o messias e sacerdote de nossa salvação, que entrou no Santo dos Santos e fez expiação uma vez por todas (Hebreus 10.10), tirando toda culpa e acusação que nos eram impostas. Um sacrifício perfeito, nos abrindo caminho direto ao Pai. Hoje, por meio do sangue sacrificial de Jesus, temos acesso direto a Deus, o véu se rasgou de cima a baixo (Mateus 27.51).

Conclusão: temos a certeza da veracidade e autoridade de Jesus como nosso grande salvador, temos Cristo cumprindo Seu papel de Sumo Sacerdote, mesmo sendo da tribo de Judá, pois ele é Sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque, uma ordem superior à de Arão, que descendia de Levi. E fez mais perfeito sacrifício, porque fez num santuário não construído por mãos humanas, mas um tabernáculo celestial.

Aplicação: vemos claramente uma questão em que o cristão pode ter dificuldades ao ser questionado sobre a sua fé. Isso exige estudo das Escrituras. Você deve se alimentar diariamente do verdadeiro alimento, que é a Bíblia. Dedique-se ao estudo das Escrituras, pois esta ação traz para você somente benefícios e te protege de heresias e doutrinas que podem desviá-lo da Verdade. Não abra mão de estudar a sua Bíblia.

:: Thales Violante

Para mais informações a respeito do estudo de células, ligue para o pastor Flavinho (31) 98793-7701.