Nenhum Comentário

Retirando os obstáculos ao fluir dos dons espirituais

Foto: Fanpage Adolescentes Lagoinha

Foto: Fanpage Adolescentes Lagoinha

Referência bíblica: “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito para o proveito comum”. (1Co 12. 4-7)

Exposição do Texto: Paulo, ao escrever para a igreja de Corinto, que ele mesmo havia plantado, lida com uma série de problemas que a jovem igreja estava enfrentando. Entre eles, estava a dificuldade de lidar com os dons espirituais. Embora os dons fossem abundantes na vida daquela igreja (1Co 1.7), faltava entendimento, tanto de questões básicas (1Co 12.1-31) quanto de questões práticas (1Co 14.23-33) acerca da natureza e do funcionamento dos dons.

Discussão

1) Você já teve alguma experiência marcante com a manifestação de algum dos dons?

2) Na sua opinião, quem pode fluir nos dons do Espírito Santo?

Objetivo: compreender de onde vem os dons e como alcançá-los.

Contexto: começando no primeiro versículo do capítulo 12 da primeira carta aos coríntios, o apóstolo Paulo explica a respeito dos dons. Porém, antes de Paulo explicar quais são os dons e como eles funcionam na prática, o apóstolo precisa esclarecer algumas características essenciais dos dons.

1 – A fonte dos dons espirituais: algo que fica evidente na explicação de Paulo, logo nos primeiros versículos, é que só existe uma fonte de onde os dons fluem: o Espírito Santo. Não importa o quão diferente sejam os diversos dons, “é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos” (1Co 12.6). Os dons espirituais não fluem de nós mesmos. Eles são presentes, dádivas que o nosso Deus distribuiu à Sua Igreja. Como todo bom presente, eles nos são concedidos gratuitamente. Foi Cristo quem pagou o preço para que o Espírito pudesse ser derramado sobre toda carne e trouxesse consigo a manifestação dos dons espirituais (At 2.32-33). Entender essa realidade nos livra do medo de que nossas limitações possam impedir o agir de Deus por meio de nós e do “orgulho espiritual”, que pode surgir quando vemos a manifestação do Espírito Santo.

2 – O caminho para fluir nos dons espirituais: uma vez que entendemos que os dons vêm de Deus, percebemos que não temos controle nenhum sobre a manifestação deles. Em outras palavras, Deus agirá quando, onde e como Ele quiser (1Co 12.11). Ora, se é assim que funciona, como pode o mesmo apóstolo Paulo nos dizer no final desse mesmo capítulo que devemos buscar com zelo os melhores dons (1Co 12.31)? A chave para a compreensão desse versículo é entender que fluir nos dons não é controlar o Espírito Santo, é ser controlado por Ele. O que devemos buscar, portanto, são maneiras de nos tornarmos cada vez mais dominados pelo Espírito Santo. Por isso, Paulo nos diz que há um caminho sobremodo excelente para buscarmos a manifestação dos dons, o caminho do amor (1Co 12.31, 1Co 14.1). Quanto mais andarmos em amor, mais fácil será para o Espírito Santo fluir por meio de nós. Afinal, os dons não são para nós mesmos.

3 – O alvo dos dons espirituais: “A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito visando o bem comum” (1Co 12.7). O dom de profecia existe para a edificação da igreja (1Co 14.4). O dom de cura não existe para que nos tornemos curandeiros famosos, nem para curarmos nossas próprias dores, mas para que sejamos instrumentos de Deus para cura de outros. Todos os dons existem para edificação mútua do Corpo de Cristo, que é a Igreja (1Co 12.27-30), e para glorificar o nome de Jesus (1Co 12.3).

Conclusão: ter a consciência de que é Deus quem atua por meio de nós tira nosso medo e nosso orgulho. Andar em amor tira os nossos olhos de nós mesmos. Com esses obstáculos fora do caminho, o Espírito Santo poderá fluir com liberdade por meio de nós.

Aplicação: ore para que Deus te use, ao longo desta semana, para abençoar e edificar a vida de alguém. Peça para que Ele flua por meio de você, onde quer que esteja, a fim de glorificar o nome Dele. Fique atento durante a semana, porque esse é o tipo de oração que Deus responde (1Jo 5.14-15). Compartilhe o seu testemunho na próxima reunião.

:: Pr. Bráulio Brandão

Contato: (31) 98878-0105

Para mais informações a respeito do estudo de células, ligue para o pastor Flavinho (31) 98793-7701