Nenhum Comentário

Sábias atitudes em meio a tribulações

[Foto: Comunicação Lagoinha]

[Foto: Comunicação Lagoinha]

Dificilmente encontraremos alguém que nunca tenha passado por momentos angustiantes, que não tenha se sentido como um cântaro quebrado. A diferença crucial está em como lidamos com essas situações. Ou vamos acreditar no poder de Deus ou desistiremos; ou louvaremos a Deus ou murmuraremos em tom amargo e de revolta. Lutaremos na força do Senhor ou entregaremos os pontos? A diferença está em quem nos apegamos, em quem tomamos para nosso refúgio. Se a nossa força vier das coisas deste mundo, seremos presas fáceis da depressão. Contudo, se a nossa força vier do Rei dos reis, teremos a verdadeira paz: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (Jo 14.27). Pois bem, não devemos temer diante das tribulações. Devemos sentir a paz que vem do Eterno.

Jesus Cristo nunca pecou. Ele nunca falou uma mentira, nunca pensou coisas erradas, nunca enganou, nunca entristeceu o coração do Pai, porém, sofreu muito. Sofreu sem merecer, sofreu por você e por mim. A dor e a agonia que Jesus sentiu foram tão intensas que o suor dele se tornou em sangue. “E, estando em agonia, orava mais intensamente. E aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra” (Lucas 22.44). A vida que Jesus preparou para nós é eterna, mas o sofrimento não. Ele mesmo disse: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33).

Davi reconhecia a bondade de Deus, nosso Pai. Davi sabia da aliança que existia entre Ele e o Senhor e que o Eterno estava atento à sua aflição: “Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois tens a minha aflição, conheceste as angústias de minha alma […]” (verso 7). Deus não está indiferente à sua dor, ao contrário, Ele quer te dar a vitória. Ele quer curar a sua alma. Acredite que você vai crescer com a sua dor. Viver por fé é confiar e esperar o sobrenatural de Deus como o natural da sua vida. É crer que o Senhor tem um plano muito maior para você, por isso “quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder” (Efésios 6.10).

Se considerarmos nossa vida desde o dia em que conhecemos o Senhor, veremos quantas vitórias Ele já nos concedeu. Quantas vezes já tivemos a certeza de que não íamos conseguir resolver aquele nosso problema? Que aquele momento seria o fim, que não conseguiríamos continuar; que estava tudo acabado, que as nossas forças tinham se esgotado? No entanto, Ele estava lá, com as mãos estendidas e os braços abertos dizendo: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve” (Mateus 11.28-30).

Que amor tremendo Deus revela em sua Palavra. Amor por nós. Sei que, às vezes, o sofrimento da vida tenta ofuscar os nossos olhos, tenta desviar o nosso olhar dessa verdade, mas persevere crendo que também em todas essas coisas somos mais que vencedores (Romanos 8.37). Viva sempre pautado no Senhor, com os olhos fitos nele, pois quando a dor e a tristeza quiserem cegar sua visão, quando não conseguir vislumbrar qualquer solução, você poderá voltar seus olhos, seu coração e sua alma para o Altíssimo. Ele virá em seu socorro. Mais que isso ainda, Ele estará sempre ao seu lado. A nossa vitória é a vitória do grande vencedor: Jesus Cristo!

Deus abençoe!

:: Pr. Márcio Valadão