Nenhum Comentário

10 dicas para evangelizar nas redes sociais

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

“Contudo, quando prego o Evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o Evangelho!” (1 Coríntios 9.16). Amante da Palavra como era, o apóstolo Paulo não enxergava outro caminho a não ser anunciar as Boas Novas de Cristo. Se, naquela época, nem mesmo as perseguições e as dificuldades de chegar a lugares diversos impediram o apóstolo de pregar, imagine a “festa” que ele faria hoje, em tempos de redes sociais?

Como diz o pastor Lucinho Barreto, líder da Juventude da Lagoinha, “se as nossas redes sociais não são utilizadas para levarmos o Evangelho, provavelmente, também não usaremos a nossa boca, os nossos gestos [com esse objetivo], porque hoje esse é nosso maior meio de comunicação”. Se você não quer ser um desses, neste Dia Internacional da Comunicação e das Telecomunicações, confira algumas dicas para evangelizar eficazmente na web.

Lucinho é, inclusive, um daqueles que não perde uma oportunidade. Seja no Facebook, no Instagram ou no YouTube, o pastor tem sempre uma palavra de Deus ao estilo “Jesus Freak”. Para ele, um dos “segredos” para fazer os posts é identificar o que vai funcionar para aquele público. “Geralmente, os vídeos têm uma aceitação melhor num determinado grupo da sociedade, e as imagens paradas têm outra aceitação em outra camada da sociedade. Então, é bom usar as duas formas sempre que possível”, observa.

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

Outra dica de “ouro” é ser certeiro na comunicação. “A internet não permite lentidão, por isso é preciso passar uma mensagem rápida, direta, com uma imagem, com uma frase que fale diretamente ao coração da pessoa”, sugere.

Vale lembrar ainda que não só uma menção direta pode impactar os internautas. As atitudes também “pregam” e muito, como diz Lucinho. “Existe uma outra forma de pregar que é por meio do comportamento do cristão no seu dia a dia: honrando seus pais, sendo um cidadão de bem, mostrando valores que agreguem para a família e para a comunidade. Isso fala tão alto quanto o próprio Evangelho. Na verdade, esse é o subproduto do Evangelho, o amor do marido pela esposa, dos pais pelos filhos… Isso tudo prega Jesus”, afirma.

Além disso, é importante tomar cuidado para não espantar as pessoas, já que a ideia é atraí-las para Cristo. “O que não podemos fazer é ofender. Ninguém precisa ser ofendido no processo de conversão. A única ofensa é realmente Cristo quando nos confronta com nossos pecados, mas a gente realmente não precisa agredir ninguém”, frisa o pastor.

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

  • Veja 10 dicas para evangelizar na web selecionadas pela equipe da Comunicação Lagoinha:

1- Antes de fazer um post, pense se Jesus o faria em seu lugar.

2- Selecione versículos de fácil entendimento e que podem ser destacados sem que fiquem fora do contexto bíblico. Lembre-se: a Palavra de Deus não pode ser distorcida.

3- Esteja atento às necessidades das pessoas ao seu redor e ao que acontece no mundo. A Igreja precisa responder às demandas de nossa geração com o Evangelho, inclusive nos canais digitais.

4- Fale (escreva) de forma simples. As pessoas precisam entender o que está sendo passado. Evite jargões do “crentês”, como “vaso de honra”, “varão” ou “manto de Neguebe”. Isso pode atrapalhar no evangelismo. Muitas pessoas não costumam estar abertas àquilo que não entendem – a não ser que você explique o que significa, aí pode ajudar.

5- Cuide com carinho das artes e fotos que postar. Lembre-se que menos é mais, e uma mensagem simples atinge mais do que várias misturadas (que ninguém lê).

6- Preste atenção ao português! Erros de grafia e digitação costumam ser muito questionados. Sabemos que isso acontece, então, fique atento para corrigi-los rapidamente.

7- Fale do EVANGELHO. As pessoas estão sedentas da Palavra, e o melhor evangelismo é sempre falar do Evangelho, sem alterações ou “viagens”.

8- Cuidado com as discussões públicas, principalmente sobre temas polêmicos. Caso haja uma necessidade de resposta a uma pergunta que seja sincera, aproveite a ferramenta privada.

9- Cuide bem da sua imagem nas redes sociais. Pense se aquela foto ou mensagem realmente são boas opções para evidenciar a vida de um verdadeiro cristão.

10- Tenha em mente que o cristão sempre pode fazer a diferença onde ele está, seja na web ou fora dela.

:: Thais Oliveira