12 Comentários

Conferência Profética 2015: um clamor por compaixão

Pastor Ricardo Robortella conta detalhes do evento que acontecerá nesta semana

Nos dias 29, 30 e 31 de janeiro, a Igreja Batista da Lagoinha sediará mais uma Conferência Profética do Clamor, evento organizado pelo pastor Ricardo Robortella e Ministério Clamor pelas Nações. Para este ano o tema “Compaixão” permeará as palestras e os períodos de louvor, conduzidos por adoradores internacionais e nacionais. Em entrevista concedida ao jornal Atos Hoje, o pastor Robortella aborda alguns detalhes da conferência que, segundo ele, será “um tempo no qual o Senhor gerará uma compaixão que vai além de tudo que jamais sonhamos”.

Foto: Edemias Del Mestre

Arquivo – Conferência Profética 2014/ Foto: Edemias Del Mestre

Atos Hoje – Quando nasceu a conferência “Clamor pelas Nações” e com qual finalidade?

Robortella – A Conferência nasceu em julho de 2014, quando o Senhor compartilhou comigo sobre a necessidade de ser tocada uma trombeta, convocando a igreja para um novo tempo que Ele está trazendo ao Brasil. Esse novo tempo envolve o clamor por arrependimento e um desejo ardente de avivamento. Há uma geração em nosso país que deseja ir além do entretenimento e da religiosidade, que sonha ver os milagres do Senhor e anseia ser usada para alcançar os povos. O foco da Conferência Profética é despertar no coração dos irmãos a necessidade de buscar mudanças na vida deles e, a partir disso, iniciar a transformação do nosso país. Serão abordados temas, tais como: A vida de um verdadeiro adorador; Uma visão profética para este tempo no qual estamos vivendo; O coração de Deus pelos pobres e perdidos; Um amor que constrange nossos corações; O líder segundo o coração de Deus e Evangelismo mundial.

Por que foi escolhido o tema “Compaixão”?

Não há como separar a verdadeira adoração do amor pelas vidas, pois o verdadeiro adorador tem em seu coração a compaixão pelos pobres e perdidos. Além disso, o Senhor me orientou a colocar esse tema pelo fato de que teremos conosco palestrantes e adoradores que demonstram de todo o coração uma entrega e desprendimento total em favor do próximo. Tenho convicção de que as pessoas que participarem da conferência serão tocadas e desafiadas a alcançarem outro nível de intimidade, de adoração e também de compaixão pelos pobres e perdidos.

Conferência Profética 2014 / Foto: Edemias Del Mestre

Arquivo – Conferência Profética 2014 / Foto: Edemias Del Mestre

Você tem pregado muito a respeito de 2015 ser um ano profético para o Brasil. O que seria esse tempo profético?

O tempo profético é caracterizado por um período no qual o mundo passa por mudanças, obviamente, com a permissão de Deus. Pelos documentários, todos temos observado como as nações estão passando por transformações políticas e sociais; e isso tudo gera um impacto mundial. É um tempo para que a Igreja se levante em glória para a realização de grandes coisas. Na Bíblia, no livro de Atos, podemos ler que os apóstolos, movidos pelo Espírito Santo, realizaram muitas coisas no nome do Senhor, alcançando judeus e gentios, mesmo com perseguição. Em Antioquia, pela graça derramada por Deus, os discípulos foram chamados de cristãos pela primeira vez. Da mesma maneira, hoje, a Igreja necessita buscar esse mesmo fogo que envolvia a Igreja neotestamentária. Mas, para isso, é necessário sacrifício. Sem sacrifício não há fogo e sem fogo não há glória.

Quais são suas expectativas para essa segunda conferência na Lagoinha?

Creio que todos podem esperar um grande mover de arrependimento e avivamento. Haverá uma adoração genuína, pois todos os convidados que estarão conosco são adoradores, cuja única motivação é tocar o coração do Pai, servir e abençoar nossa igreja e o Brasil. Nossa visão não é apenas realizar um ajuntamento de pessoas, mas um encontro de adoradores e profetas. Há uma trombeta tocando nos céus, chamando os adoradores para uma assembleia solene. Gostaria de convidar os irmãos a estarem conosco e participarem desse tempo profético. Não tenho dúvidas que estes três dias marcarão nossa vida. Os homens e as mulheres de Deus que ministrarão em nossa igreja são referência em todo o mundo, por isso, se você está sedento por mais de Deus, inscreva-se na conferência. O Senhor é o nosso convidado de honra. Cremos que Ele gerará em nós uma compaixão que vai além de tudo que jamais sonhamos.

As inscrições para a “Conferência Profética Clamor pelas Nações” já estão se esgotando, mas você ainda pode se inscrever na Tenda da Bênção, após os cultos realizados no Templo da Lagoinha, ou pelo site: clamor.com.br.

:: Kátia Brito