Nenhum Comentário

Missão Interior de Minas realiza impacto evangelístico na cidade menos populosa do Brasil

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Kids games para as crianças da cidade  [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

No último fim de semana, nos dias 8, 9 e 10 de dezembro, o Ministério Missão Interior de Minas (MIM) realizou uma viagem missionária para Serra da Saudade, localizada no centro-oeste mineiro, a 270 quilômetros de Belo Horizonte (MG). Com uma população estimada em 815 pessoas, segundo dados do IBGE (2010), a cidade, que possui a menor população de Minas Gerais e do Brasil, carece da mensagem do Evangelho de Cristo por apresentar cerca de 9% de cristãos evangélicos.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Cidade Serra da Saudade (MG) [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

O ministério aceitou o desafio de evangelizar os habitantes do local, falando do amor de Jesus a crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Tanto de casa em casa como na praça principal, nas ruas e, também, por meio de ações sociais, o Evangelho de Cristo foi anunciado.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Equipe da viagem com 85 pessoas [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Na viagem, o MIM reuniu 85 pessoas que, saindo de BH na noite do dia 8 (sexta-feira), chegaram à Serra da Saudade na madrugada do dia 9 (sábado). A equipe ofereceu para a população da cidade, durante todo o sábado e domingo (10), serviços como oficina de artesanato, instituto de beleza, orientação jurídica, bazar solidário, atendimento odontológico, prevenção e orientação à saúde, massoterapia, fisioterapia e atividades para crianças e jovens. Centenas de pessoas foram atendidas e abençoadas pelas ações do ministério.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Instituto de Beleza [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Enquanto aconteciam as ações, outros membros da equipe faziam atendimento nos lares. “Atendemos mais de 50 lares, em que a maioria aceitou ao Senhor”, diz o pastor Antônio, líder do ministério. Foram muitas vidas resgatadas para Cristo. Durante as visitas, os moradores eram quebrantados pelo poder de Deus, e esses testemunhos eram compartilhados entres os membros do Missão Interior de Minas após os atendimentos. Já na noite de sábado, o ministério realizou um lindo show na praça principal da cidade, com música e danças, e muitas pessoas foram evangelizadas.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Show na praça com banda e danças [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Testemunhos impactantes

Amanda Ferraz, que participou da viagem missionária, conta como foi a sua experiência em Serra da Saudade. “Eu ainda não sei dizer como foi especial esses últimos dias, que fim de semana incrível! Lá foi indescritível, poder me doar, dar e receber amor de pessoas que eu nunca tinha visto, que até então não conhecia, mas que se tornaram uma família para mim, não tem preço. Eu sempre tive fé em Deus, mas só agora estou tendo um relacionamento com Ele. Depois que fui para uma célula da Lagoinha Centro, senti algo que eu nunca tinha sentido antes, algo inexplicável e incomparável, algo que eu não sabia denominar, até à viagem com o MIM. Hoje, sei que esse sentimento é o amor e a presença de Deus em mim, e não tenho palavras para agradecer a cada um dessa família, que agora é minha também. Sei que Deus tem um propósito na minha vida, e eu quero honrá-Lo e levar mais pessoas a esse amor”, diz.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Recreação infantil na praça da cidade [Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Já o Marcos Oliveira contou sobre uma das visitas nos lares que realizou. “A última casa que visitei foi a que mais me impactou. Era de uma família em que a esposa estava sofrendo uma depressão tão grande a ponto de não ir trabalhar. Ela trabalhava como professora de crianças. Durante a visita, fui conversando, perguntando-lhe como foi a sua infância, pois queria saber a raiz do problema. O esposo falou que ela não lidava muito bem com o pai. Então, ela me contou que, na sua infância, nunca teve muito carinho paterno. Ele era muito seco. Logo, então, identifiquei o problema. Por ela não ter recebido afeto, não conseguia passar isso para seu esposo, filho e para as crianças que cuidava. Deus me direcionou a dizer-lhe que a sua profissão não foi ela que escolheu, e, sim, Deus, para que, através da sua profissão, recebesse cura. Nessa casa, aceitaram a Jesus tanto ela como o esposo. É uma família em potencial”, conta Marcos.

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

[Foto: Comunicação Missão Interior de Minas]

Para conhecer o ministério Missão Interior de Minas e participar das viagens missionárias, ligue para o pastor Antonio Carlos (31) 99854-2347, líder do MIM.

:: Raquel Carsi