33 Comentários

Jovem mistura amor e humor e faz sucesso na internet

Com carisma e descontração, Fabíola Melo dá dicas de relacionamento em canal no Youtube

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Com muito bom humor, Fabíola Melo está atraindo a atenção dos internautas com postagens de vídeos sobre relacionamento na internet. Em um canal no Youtube, ela fala de namoro cristão, entre outros temas, e dá uma forcinha àqueles que querem se relacionar em santidade. Como faz tudo sozinha – produção, gravação e edição dos vídeos -, ela trancou a faculdade de medicina veterinária para se dedicar à atividade, que tem sido um sucesso, com mais de 125 mil inscritos no canal e um milhão de visualizações por mês.

Fabíola Melo foi entrevistada pelo Lagoinha.com e, de uma forma bem descontraída, falou de experiências que teve na vida sentimental e contou detalhes do trabalho que realiza.

Quem teve a ideia de criar o canal?

A ideia foi minha mesma. Mas quando o criei, em 2012, ainda não havia o propósito que tem hoje. No início, os vídeos falavam de assuntos bem aleatórios, as postagens eram inconstantes. Era um vídeo a cada três meses e eu devia ter uns 4 mil inscritos, no máximo. Foi uma época em que o canal era 100% “hobby”. Hoje tranquei a faculdade de medicina veterinária para conseguir me dedicar melhor e publicar dois vídeos por semana. Atualmente o canal passou de 120 mil inscritos e tem mais de um milhão de visualizações por mês, ou seja, o canal tornou-se 50% “hobby” e 50% “trabalho duro”, já que eu mesma gravo, escrevo o conteúdo e edito o vídeo. Faço tudo sozinha com a ajuda de Deus.

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Quando foi “ao ar”?

Considero que a “estreia” real do canal ocorreu quando surgiu o desejo de falar sobre namoro cristão. Cheguei a excluir vídeos antigos que falavam sobre qualquer outro assunto fora dessa temática. Foi como se o canal renascesse. Então, em 2013 o canal “Fabíola Melo”, de fato, foi ao ar. Agora com foco, estilo e público-alvo definido.

O que a motivou?

Na pele de uma garota cristã extremamente ansiosa, cheguei a ter muitos relacionamentos, e todos com algo em comum: acabavam de maneira frustrada. Já passei por diversas situações, acredito que principalmente por falta de informação e orientação (adequada) a uma jovem da minha idade. Na minha época de adolescência, havia uma carência perceptível de se trabalhar essa área sentimental de maneira mais clara e direta nas igrejas.

Muitas vezes o jovem cristão tem uma noção bíblica e teórica do que é certo e errado, mas falta serem convencidos pela parte prática. Deus me ensinou muito por meio dos meus próprios erros. Significa que fui inteligente. Mas o que me motivou e ainda motiva a fazer vídeos sobre relacionamento cristão é esperar, de quem me assiste, sabedoria para que aprender com os erros dos outros (no caso, os meus).

Quem curte as publicações?

Nos meus vídeos, uso uma linguagem extremamente informal e engraçada. É o meu jeito de prender a atenção do público-alvo maior: jovens cristãos. Seja católico ou protestante, seja solteiro ou em um relacionamento sério. E como não há uma idade certa para casar, a faixa etária varia de 13 a 34 anos, sendo 75% do sexo feminino e 25% do masculino, segundo as estatísticas do próprio Youtube.

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Os vídeos são apenas sobre namoro cristão?

Eu bem que tento (risos). Fiz o possível para não fugir dessa temática. Mas a pedidos da minha “segunda família”, que é formada por todos os que me assistem e acompanham meu trabalho no Youtube, passei a abrir algumas exceções vez ou outra. Já gravei vídeos falando sobre música secular, novelas e, até mesmo, respondendo perguntas pessoais e de curiosidade deles. Enfim, há um ditado popular que diz “quem tem família tem um porto seguro”. Com eles eu me sinto segura até para sair da minha zona de conforto, que é falar sobre relacionamento (risos).

Atualmente são mais de cinquenta vídeos. O mais popular é o “Frases que uma garota cristã nunca deveria falar”, que tem cerca de 400 mil visualizações e fica em segundo lugar no ranking de mais assistidos. Ele foi muito compartilhado e teve uma grande repercussão. Muitas pessoas vieram até o canal por meio dele. Mas o vídeo com mais visualizações no momento é o “Como conquistar uma garota”, com 500 mil visualizações. Eu posso explicar (risos). Ele é o primeiro vídeo do canal e sempre rola aquelas dúvidas tipo “como ela começou?”, “será que ela era tímida e melhorou com o tempo?”, “será que ela usava uma câmera mais simples?”. Eles têm essa curiosidade de “avaliar” a evolução dos vídeos, da qualidade e da minha própria desenvoltura.

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Quais temas você aborda?

O canal não é tão antigo, então ainda há muitos temas a serem abordados. Entretanto, Deus já me inspirou a falar sobre ciúmes, desilusões amorosas (sou expert), namoro contra a vontade dos pais, por que esperar pelo amor verdadeiro, dicas para o período de preparação do casamento e como lidar com as despesas. Inclusive, até aí eu conto experiências próprias, pois casei em 2014 com o homem mais fantástico do mundo. (Sam, eu te amo!). Desculpa. Mas eu não poderia perder a oportunidade de motivá-lo a lavar a louça mais vezes (risos).

Você conta suas próprias experiências?

Sempre! Como tive muitos relacionamentos, por meio deles eu ganhei muitas experiências (boas e ruins). Eu particularmente tenho algo pessoal para falar sobre qualquer assunto dentro da temática “Namoro Cristão”, porque eu realmente experimentei boa parte deles. Acredito que isso também ajuda na hora de criar um elo entre o público e eu. É muito bom conversar com alguém que já passou pelo que você está passando. Você se inspira e pensa: “Isso não acontece só comigo!”; “Nossa, se ela conseguiu, eu posso conseguir!”; “Se ela superou fazendo tal coisa, então eu farei também!”. Entende? Eu acho isso muito especial. Há um trecho de uma canção do Rodolfo Abrantes que diz: “E que das minhas feridas saia poder para curar!”. Me define totalmente! Deus é maravilhoso!

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Foto: Fanpage Fabiola Melo

Por que falar sobre namoro cristão atualmente?

Porque muitas igrejas ainda possuem uma carência enorme nessa área. Recebo muitas mensagens de pedido de ajuda e conselhos, principalmente de moças, que dizem não encontrar um suporte em suas lideranças. Algumas não se sentem à vontade para pedir aconselhamento e tratar de determinados assuntos por medo de pré-julgamento e até difamação (sim, incrível como isso ainda existe).

Há um desejo muito grande no coração de Deus de que todos os jovens tenham um relacionamento abençoado e casem debaixo da Sua graça e propósito. Nós sempre ouvimos: “A juventude é o futuro da Igreja”. Mas uma juventude frustrada, traumatizada, mazelada e mal casada não pode ter suporte para assumir esse encargo. Por isso, todo líder deveria saber que cuidar dos jovens é um dos maiores investimentos no Reino dos céus.

Como as dicas podem ajudar meninas solteiras ou que namoram?

Sempre trago à tona nos meus vídeos como o nosso relacionamento com Cristo transforma o nosso caráter e, consequentemente, muda o nosso comportamento diante da sociedade. Eu não apenas falo que a moça deve ter conduta honrosa. Eu vou além: falo da importância de elas serem pessoas amáveis, simpáticas e prestativas. Até gosto de citar o exemplo de Rebeca, que fisgou um casamento simplesmente sendo solícita com um estranho qualquer que lhe pediu água. Já pensou se em vez de Rebeca ser “gente boa”, servir ao homem e ainda aos seus camelos, ela fosse amante de si mesma, esnobe e respondesse dizendo: “Meu senhor, eu tenho cara de sua empregada? Eu sou uma pessoa ocupada. Eis aqui o balde e a corda. Passar bem”? Ela certamente não se casaria nunca (risos). É por essas e muitas outras que ainda existem moças solteiras por aí (momento #ficaadica, risos).

Assista a alguns vídeos de Fabiola Melo:

:: Dayane Cristina

[@dayanecristinan]