Nenhum Comentário

“Eu sempre quis me batizar, estou muito feliz”, diz adolescente no 1º batismo da Lagoinha Fortaleza

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

A Lagoinha Fortaleza, no Ceará, celebrou, no dia 26 de agosto, às 17h, o seu primeiro batismo. Ao todo, 12 membros participaram desse momento de novo nascimento, concretizando o versículo: “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas antigas já passaram, eis que tudo se fez novo!” (2 Co 5.17).

Os pastores Marcos e Jemima Vilar conduziram uma palavra sobre a importância do batismo na vida dos cristãos e comemoraram esse marco na história da igreja. “O batismo é celebração. Representa a morte para o mundo e a vida para Deus”, afirmou a pastora Jemima.

Entre os irmãos batizados, a adolescente Amanda Sara, de 12 anos, foi a primeira e afirmou que sonhava há muito tempo com esse momento. “Eu sempre quis me batizar, estou muito feliz e emocionada”, contou Amanda.

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Ao lado da Amanda, a sua amiga Ana Lívia Paiva, de 11 anos, também se emocionou logo após o batismo. “Eu não estou acreditando. Meu coração está batendo muito forte. Estou muito alegre”, destacou Ana.

A tarde do primeiro batismo na Lagoinha Fortaleza foi muito especial e abençoada. O casal Nancy Macedo e Humberto Castro estava junto há 19 anos e aproveitou a data para oficializar o casamento, não só legalmente, como, também, com a benção de Deus por meio da vida do pastor Marcos e de toda a igreja. Um momento muito emocionante, com direito a música escolhida pelo casal, véu e buquê, que os líderes do GC dos irmãos prepararam para marcar essa nova etapa na vida do casal. “Estou muito emocionada. Eu amo esta igreja. É tremendo o agir de Deus em nossas vidas assim que entramos para a Lagoinha Fortaleza”, revelou Nancy.

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Outro casal que participou do batismo, Larissa Martins e Daniel Mota, se converteu na Lagoinha Fortaleza há duas semanas e também oficializou o casamento. “Estamos muito felizes. A Lagoinha Fortaleza é benção nas nossas vidas”, afirmou Larissa.

Para o pastor sênior, Marcos Vilar, o número de pessoas batizadas o surpreendeu, já que a igreja tem apenas cinco meses de “vida”. “É muito lindo participar de um momento como este. É um marco histórico para esta igreja. O batismo é a demonstração pública do que já aconteceu espiritualmente”, comemorou Marcos. Segundo o pastor, a Lagoinha tem planos para que os próximos batismos aconteçam de maneira mais rápida e sistemática. “Temos o projeto de construir um espaço especial para o batismo, para que as pessoas possam estar sempre no ambiente e atmosfera da igreja, pois isto fortalece e traz fôlego de vida. É como se fosse uma casa cheia de recém-nascidos, bebês fofinhos, e isso traz alegria”, prevê Marcos.

Confira algumas fotos:

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

:: Comunicação Lagoinha Fortaleza