Nenhum Comentário

Ministério Infância Protegida: cuidar da criança é transformar o futuro

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

O Espaço Infância protegida é um ministério da Lagoinha e compõe a Rede Nacional Infância Protegida, que consiste em uma rede ampla, diversificada e multidisciplinar de profissionais e entidades da sociedade civil que desenvolvem ações voltadas para a promoção e a proteção da criança e do adolescente no Brasil. Em suma, a Rede Infância Protegida visa proteger as nossas crianças para que elas se desenvolvam de forma saudável, sem interferências que possam prejudicar o desenvolvimento natural delas. Assim, o Espaço Infância Protegida tem como objetivo acolher a criança vítima de qualquer tipo de negligência, omissão ou abandono e fazer os devidos encaminhamentos para toda a rede de garantia de direitos e de proteção às crianças. Os profissionais fazem encaminhamentos ao Conselho Tutelar, indicam hospitais de referência para exames, em caso de abuso e violência sexual, fazem encaminhamentos para atendimento jurídico e realizam atendimentos para aconselhamentos e também atendimentos psicológicos e psicopedagógicos para as crianças. Em casos mais sérios, fazem encaminhamentos para a psiquiatria, neurologia e pediatria.

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

O Espaço Infância Protegida tem como público-alvo a criança, com o foco em atender, principalmente, crianças que estejam passando por qualquer tipo de problema ligado à sexualidade, transtorno de identidade e que estejam sofrendo qualquer tipo de violência, abuso ou exploração sexual. Quanto aos adultos, é oferecido aconselhamento sobre como lidar com a criança no processo que ela estiver passando, durante todo o seu acompanhamento no Espaço. Atualmente, o Espaço Infância Protegida trabalha com 14 projetos, entre eles destacamos os que, hoje, atendem um maior número de crianças: Gideões Mirins, Valentes do Rei, Princesa aos Olhos do Pai e a Oficina do Claves – Brincando nos fortalecemos para enfrentarmos situações difíceis.

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Por mês, passa pelo Espaço Infância Protegida uma média de 250 crianças nos ministérios mencionados acima. Só o ministério Gideões Mirins, semanalmente, atende cerca de 100 crianças. Os demais ministérios visam suprir essa demanda recorrente das necessidades apresentadas pelas famílias, igreja e sociedade. Além das ações realizadas nos 14 projetos, o Infância Protegida também tem como foco de atuação a realização de seminários, congressos, conferências e palestras que envolvam a temática da infância e do adolescente.

Pastores Virgínia Prado e Washington de Sá [Foto: Arquivo de Ministério]

Pastores Virgínia Prado e Washington
de Sá [Foto: Arquivo de Ministério]

Sob a direção dos pastores Washington de Sá e Virgínia Prado, os ministérios que funcionam no Espaço Infância Protegida são voltados à proteção e ao cuidado da criança e do adolescente e à prevenção contra toda forma de violência e abuso aos vulneráveis. De acordo com o pastor Washington, “nossa sociedade, as famílias e nossas crianças estão doentes. A única forma de transformarmos o futuro é cuidando das crianças”. Assim, o ministério Espaço Infância Protegida conta uma equipe composta de profissionais voluntários nas áreas de psicologia, psicopedagogia, pedagogia e assistência social. Contam também com voluntários que atuam em todos os nossos eventos, palestras, cursos e conferências.

Foto: Arquivo de Ministério

Foto: Arquivo de Ministério

Vale ressaltar que o Espaço Infância Protegida agora funciona em novo endereço, situado à Av. Presidente Antônio Carlos, 2.646, no antigo prédio da UREV. Nessa nova etapa, o ministério está precisando de voluntários nas áreas de psicologia, psiquiatria infantil, neurologia infantil e psicopedagogia, além de voluntários dispostos a servir em todos os demais ministérios que funcionam no Espaço. Você que deseja conhecer um pouco mais do trabalho realizado no ministério Infância Protegida ou obter outras informações e esclarecimentos, ligue (31) 3421-5018 ou (31) 99925-2870. O atendimento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h.

:: Maressa Curty