9 Comentários

“Parece que Deus planejou tudo”, diz Marine Friesen sobre o filho

Marine

Mãe de primeira viagem, Marine Friesen conta sua trajetória ministerial a poucos dias de dar a luz ao pequeno “Davizinho”, que, nasceu saudável e cheio de vida no dia 24 de fevereiro. Guitarrista e back vocal do ministério Diante do Trono, Marine (26) lembra momentos em que estudou no Centro de Treinamento Diante do Trono, relata o período que viveu na Alemanha junto ao esposo Daniel Friesen e comemora a nova fase da vida como mãe.

Lagoinha.com: O CTMDT foi de fato um treinamento para você como ministra?

Marine: Foi um treinamento, uma formação e um marco em minha vida. Quando comecei a estudar era ainda muito nova e, por isso, teve grande importância na formação do meu caráter e de quem eu sou. A gente brinca que filho de pastor nasce no púlpito, mas o CTMDT amplia todo o ensino sobre o altar. É um tempo separado só para você e Deus, para ouvir o que o Senhor tem para ensinar.

marine CTMDT

Marine durante gravação do álbum ” Viver por Ti” do CTMDT

Lagoinha.com: Conheceu o Daniel durante os estudos?Marine: Conheci o Daniel na Escola. Fomos da mesma turma. Era um galerão com aproximadamente 300 alunos. Para todos nós, foi um tempo muito bacana. Sempre brincava com ele, por causa do sotaque alemão quando falava em português. Foi então que ao final da formação do nosso curso, em 2006, começamos a namorar, até por que a escola não permite relacionamentos no primeiro ano, para que haja mais foco nos estudos. Ninguém acreditou quando iniciamos o nosso relacionamento, porque brincávamos muito. Depois de um ano ministrando juntos na banda do CTMDT e eu também com o Diante do Trono ficamos noivos e fomos para a Alemanha.

Lagoinha.com: Você fez importantes participações no Diante do Trono enquanto ainda estudava no CTMDT. Ingressar em um grupo tão importante e depois deixá-lo para viver na Europa foi um desafio?

Marine: Com certeza o Diante do Trono sempre foi uma referência para mim, como é para muitos jovens. Andar com homens e mulheres de Deus é maravilhoso. A gente (Daniel e Marine) poderia ter vários líderes sobre nós, mas é muito importante ter uma liderança com pessoas comprometidas com Deus.

O DT tem 17 anos de caminhada e fazer parte disso é um sonho. Quando o Sérgio e a Ana vieram falar comigo, ainda era aluna do CTMDT e mal pude acreditar. Só me dei conta quando começamos a ministrar. Ainda não havia acontecido no DT o convite para alguém de fora da Lagoinha, era sempre de um membro da igreja, foi maravilhoso participar do Diante do Trono.

Daniel e eu ficamos noivos, e na época apenas eu era integrante do DT. Comuniquei a Ana que os pais do Daniel são pastores e moram na Alemanha e que em breve nos casaríamos. Ela me falou sobre a importância da Europa receber pessoas de Deus e como seria válido irmos para lá. Sendo assim achamos muito importante irmos para Alemanha, em vez de Daniel vir para o Brasil.

Marine Almeida e Daniel

Marine Almeida e Daniel

Lagoinha.com: Fale um pouco sobre o período em que viveu na Europa?

Marine: Não sabia nada de inglês e fiz um breve curso de alemão durante seis meses, para ter uma experiência para viver lá. Mas não foi nada fácil, porque a língua é muito difícil, não entendia absolutamente nada. Fui com o objetivo de aprender e começar do zero, de estar ao lado do Daniel com a loja SantoLoco e auxiliar com os trabalhos na juventude. Não aprender a falar a língua nativa é muito ruim, porque dificulta o relacionamento com outras pessoas. Ao final, após tantas tentativas, aprendi a falar alemão.

Fui acreditando no que Deus tinha para fazer por meio da minha vida. Pensava em como poderia abençoar a Europa por meio do louvor, porque é muito fechado para o Evangelho. Fiquei por três anos cuidando dos jovens, ministrando na área do louvor e atuando nos evangelismos da igreja.

Lagoinha.com: O que motivou o retorno para o Brasil?

Marine: Estávamos trabalhando na igreja, recordo-me de que era um feriado, quando recebemos uma ligação da Ana. Ela nos disse que o Diante do Trono estava passando por mudanças e o Senhor havia lhe direcionado a nos convidar para ingressar no DT. Fomos pegos de surpresa, embora já tivéssemos tidos alguns sinais de Deus sobre o retorno para o Brasil, não imaginávamos que se tratava do DT.

Lagoinha.com: Você também é compositora?

Marine: Componho também. Minhas músicas foram gravadas em projetos locais da igreja da minha cidade. A igreja sempre investiu em mim, então, o nosso interesse foi devolver o investimento, abençoando a igreja com as canções. Da mesma forma o Daniel, com a igreja na Alemanha. As nossas composições são uma forma para abençoar as igrejas que nos abençoaram.

Marine e Daniel na gravação do álbum "Tu Reinas"

Marine e Daniel na gravação do álbum “Tu Reinas”

Lagoinha.com: Muitos que fizeram parte do DT seguiram com o ministério solo, como André e Mariana Valadão, Nívea Soares, e recentemente a cantora Ana Nóbrega. Já pensou em ter um trabalho solo junto ao seu esposo?

Marine: Sinceramente não. Não planejo algo individual. Vejo muito minha estadia em BH ligada ao DT. O propósito do grupo bate muito forte em nosso coração, não vemos outro chamado, um caminho individual. Com um ministério que tem alcançado toda a nação, podemos influenciar muitos jovens e isso é para nós é maravilhoso.

Lagoinha.com: Fale um pouco sobre a marca SantoLoco. Vocês procuram ditar um estilo de vida na forma de vestir e no comportamento?  

Marine: A marca foi criada pelo Daniel e os outros dois irmãos. O propósito do SantoLoco não é empresarial, mas evangelístico. Todas as estampas, ideias, são produzidas com esse intuito. O alvo é que a galera vá para o cinema e outros possam ver uma mensagem cristã escrita na blusa.  Exemplo, temos uma camisa com a bandeira do Brasil escrita “Orando por você”. Transmitir mensagens como essa é muito importante para gente.

DSC_0479 (2) (2)

Casal veste camisa com a marca “SantoLoco”

Lagoinha.com: O foco de vocês são os jovens?

Marine: O mundo pressiona muito os jovens, o cara que diz “não” para as drogas é pressionado pelo “mundo”. Em vez de ser pressionada, queremos ensinar a juventude a fazer pressão. Temos uma frase que costumamos dizer: “Verdadeiramente livre”. A gente precisa viver isso. Queremos trazer para o jovem a liberdade de Cristo. Em vez de ficar com medo de a faculdade influenciá-lo, queremos ensiná-lo a ser influência na faculdade.  O nosso objetivo tanto com o SantoLoco quanto com o DT e o CTMDT é impactar a juventude.

Lagoinha.com: A gravidez foi planejada?

Marine: Não foi planejado. Se fosse pelo meu esposo, no primeiro ano já teria tido filho (risos), mas só fomos ter o bebê com cinco anos de casados.

DSC_0139 (2) (2)

Lagoinha.com: E como ficam as agendas do DT, como congresso de mulheres e outras atividades importantes, com um filho recém-nascido?

Marine: Até agora me senti muito bem para trabalhar em tudo. No álbum “Tu Reinas” estava com um mês de gestação e não tive nenhuma dificuldade.  Sempre me senti muito bem e a gravidez não atrapalhou em nada. Parece que Deus planejou tudo. Até agora não me ausentei de nenhum compromisso, assim com o nascimento do bebê vou estar mais focada para participar da gravação em maio em Israel. É a nossa primeira gravação internacional. Acredito que estarei muito bem recuperada e vou levar o “Davizinho” com a gente.

*A entrevista foi produzida poucos dias antes do nascimento do primogênito do casal Daniel e Marine Friesen

:: Érica Fernandes