6 Comentários

“Teremos também um grupo indígena louvando a Deus”, revela Ana Paula sobre Congresso

O ano de 2014 reserva muitas atividades importantes para o Brasil como a Copa do Mundo e as eleições presidenciais. Em um cenário tão importante como esse, o Brasil é também foco da atenção da igreja que se propõe a interceder pela nação. E sob uma direção específica do Espírito Santo, a líder do ministério Diante do Trono, Ana Paula Valadão Bessa, conta que a nação brasileira será o tema do Congresso Internacional de Adoração e Intercessão deste ano. “Vamos ministrar sobre cada região brasileira, Norte, Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. Vamos aprender mais sobre as estratégias de Deus para a reconstrução do país”, conta Ana Paula.

Além do tradicional congresso de louvor, pela primeira vez, o Diante do Trono fará o Congresso Regional para Mulheres, que dá o “ponta pé” inicial na região nordeste do país. Ana conta sobre as expectativas para a atividade voltada para o público feminino, que será realizada em breve, durante os dias 20, 21 e 22 de março. Durante a entrevista, a líder do Diante do Trono compartilha novidades e curiosidades que reservam as duas atividades.

ana 1

Lagoinha.com: Pela primeira vez será realizado o Congresso de Mulheres Regional. Por que Natal foi a cidade escolhida para dar início a essa nova fase do Diante do Trono?

Ana Paula Valadão: O Senhor colocou em meu coração que os Congressos de Mulheres DT deveriam acontecer em todo o Brasil. O ensino da Palavra, o resgate dos valores da verdadeira feminilidade, a cura de mulheres feridas e sobrecarregadas em meio à forte unção do Espírito, faz com que esses Congressos sejam transformadores para suas vidas e famílias, igreja e sociedade. Por isso, oro desde que o Senhor colocou essa direção em meu coração e a primeira porta que se abriu foi no Nordeste, em Natal/RN.

Além de ser uma das mais belas cidades do litoral nordestino, com excelente infraestrutura turística e hoteleira, Deus também tem propósitos na nossa conexão com esta cidade, onde gravamos em 2011. Não podíamos imaginar que voltaríamos ali para isso, mas o que vivemos em Natal na gravação foi profundo e poderoso, e nos alegramos de retornar para mais um tempo de manifestação do poder de Deus naquela cidade.

Lagoinha.com: Você já tem recebido algum feedback das natalenses sobre o Congresso Regional? 

Ana: A resposta da igreja natalense tem sido maravilhosa. Contamos com muitas mulheres voluntárias das igrejas de lá, que estarão servindo durante o Congresso. Esse apoio quebranta o nosso coração e nos confirma, pois os desafios são muitos para realizarmos esse grande evento, e ter o envolvimento da igreja da cidade é muito importante.

5

Devi Titus e Ana Paula Valadão

Ana: A minha responsabilidade para convidar alguém como preletora ou ministra de louvor em nossos eventos é muito grande. Preciso da direção do Senhor e de conhecer a pessoa. Devi tem sido um referencial não apenas para mim, mas para mulheres no mundo inteiro. Ela é a presidente do Conselho Mundial de Esposas de Pastores, autora de vários livros voltados para o público feminino, é uma ótima comunicadora e ensina de modo prático e claro os princípios da Palavra de Deus para nós mulheres. Ela foi a fundadora da “Mansão da mentoria”, onde pequenos grupos de mulheres recebem ensino por alguns dias sobre assuntos do dia a dia do lar, até questões profundas da alma e do relacionamento com Deus.

Devi é cheia de sabedoria e tem o respaldo de uma vida familiar bonita como esposa, mãe, avó, e bisavó! Ela é uma mulher linda, aos 63 anos, exalando a beleza da mulher que teme ao Senhor. Além da Devi, eu, a pastora Ezenete Rodrigues e a pastora Simea Meldrum de Olinda/PE iremos ministrar. O louvor será feito pelo DT, Ana Paula Nóbrega e Mariana Valadão.

Lagoinha.com: Parte considerável do público do Congresso de Mulheres era composta por pessoas de outras regiões do Brasil, como neste ano você está organizando os Congressos regionais, acredita que o Congresso de BH será menos expressivo ou acredita que é um convite a mais para as mineiras? 

Ana: Além de ser um atrativo para muitas mulheres que podem viajar e conhecer a belíssima cidade de Natal, nosso desejo é alcançar em cada região as mulheres que não podem vir a BH, por causa dos custos da viagem. Acredito que existem mais mulheres que precisam da mensagem, da experiência e da transformação proporcionadas pelos Congressos, do que podemos atender, mesmo se realizássemos esses eventos todos os dias! Espero que todas aproveitem a oportunidade deste banquete do Céu na terra e participem em suas regiões, e as que podem, que venham a BH. Com certeza as mineiras devem aproveitar a edição de agosto, e as de BH, que nem precisam de hotel para se hospedar, devem valorizar e aproveitar para participarem também. 

Lagoinha.com: Os congressos regionais terão algum diferencial do que já é organizado em Belo Horizonte?

Ana: Cada Congresso é único, ainda que venhamos a reforçar ou repetir alguns princípios e ministrações. O mover do Espírito Santo nunca se repete, a unção é sempre fresca, e estamos com grande expectativa do que Ele fará nesta primeira edição regional. Cada parte do Brasil tem sua particularidade, desafios e características. Além dos propósitos de Deus para cada mulher, acredito que seremos movidas como intercessoras para a cura daquela parte do país. Seremos como Déboras e nos despertaremos para guerrear e conquistar as vitórias do Senhor naquela região tão linda, mas tão sofrida.

Congresso de Adoração e Intercessão

Lagoinha.com: Após 14 anos, o Diante do Trono mudou o nome do Congresso Internacional Louvor e Adoração Diante do Trono para “Congresso de Adoração e Intercessão”. O que levou a fazer essa mudança?

15

14º Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono

Ana: Desde o início a intercessão tem sido a irmã gêmea da adoração em nosso ministério. Não fazemos nada sem oração, e temos aprendido muito sobre as estratégias de Deus por meio da intercessão. Há algum tempo em nossa igreja acontece a Escola de Intercessão sob a direção da pastora Ezenete Rodrigues, e seminários de intercessão têm sido ministrados em todo o Brasil e diversos países. Muitas pessoas vêm aprender conosco sobre o que é a intercessão. Durante nossos congressos o Espírito Santo tem nos movido em adoração e intercessão, tanto nos bastidores como com todos os congressistas. No ano passado essa experiência foi tão forte que ouvi claramente o Senhor me ordenando que o nome do Congresso deveria ser mudado. Acredito que assim como um grande mover de Deus trouxe a experiência do louvor e da adoração para a igreja brasileira, estamos em um novo tempo em que a intercessão está sendo edificada na nossa nação.

Lagoinha.com: Foi informado tanto no site do evento, quanto em cultos da Igreja Batista da Lagoinha que o Congresso terá por tema o Brasil. A escolha se deve ao fato do Brasil sediar a Copa em 2014 e também por ser ano eleitoral?

01

14º Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono

Ana: Acredito que Deus é o maior estrategista que existe. Quando a direção para o tema do Congresso veio ao meu coração, eu não pensei em Copa do Mundo ou eleições, mas Deus sim. Esse é um ano diferente e importantíssimo para que nos levantemos a favor do país. Temos um compromisso com a transformação do Brasil, como o descortinar de mais um passo nos propósitos de Deus para nós como participantes do resgate da nação.

No encerramento do Congresso do ano passado, quando tivemos um período de muita unção intercedendo pelo país, junto à mudança do nome recebi a direção para 2014. Vamos ministrar sobre cada região brasileira, Norte, Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. Vamos aprender mais sobre as estratégias de Deus para a reconstrução do país, que está em tantas ruínas. Vamos adorar ao som de ritmos nacionais, proclamando o resgate de nossa cultura. Cada congressista será um representante da sua região, com bandeiras, roupas típicas, levantando o muro caído diante de si.

Lagoinha.com: Em relação às participações de grupos musicais de diversos ritmos brasileiros, como se dará as escolhas?

Ana: Os preletores são pessoas experimentadas e comprometidas com a cura da nação. Os ministros de louvor são pessoas de caminhada cristã comprovada em cada região do país. Alguns deles eram artistas seculares antes de se converterem a Cristo e faziam sucesso com os ritmos da sua região. Hoje adoram exclusivamente ao Senhor e junto a eles vamos fazer uma grande festa de adoração com os sons brasileiros. Teremos até um grupo indígena louvando a Deus, dançando, representando os primeiros habitantes desta Terra e que agora a consagram a Jesus Cristo. Será muito especial.

Lagoinha.com: Você pode antecipar alguns convidados nacionais do Congresso?

Ana: O pastor Gustavo Bessa, o DT, a pastora Ezenete Rodrigues e eu estaremos ministrando. Nossos convidados são a apóstola Valnice Milhomens, da INSEJEC, o apóstolo Hudson Medeiros, do Ministério Brasil de Joelhos, e o missionário Neto, do ministério Fonte no Deserto (Sertão). O grupo indígena Terenas vai representar os primeiros habitantes da terra, Luis Arcanjo vai representar o Sudeste, Darci Vieira e Tropeiros da Paz vão representar o Sul, Mylla Karvalho vai representar o Norte, Felipão vai representar o Nordeste, e o Centro Oeste ainda está sendo confirmado. Estará conosco também o cantor Atilano Muradas, que representa muito bem o ritmo brasileiro com o samba, o MPB, entre outros estilos nacionais.

Lagoinha.com: A Cindy Jacobs fez importantes profecias no último Congresso sobre o Brasil. Acredita que algumas delas já se cumpriram ou estão se cumprindo?

2

Cindy Jacobs e Ana Paula Valadão

Ana: Uma das palavras foi sobre uma janela que o Senhor estava abrindo e que como Igreja deveríamos entrar por ela e estabelecer a Casa de Oração, para que não fosse necessário abalar a economia do país a fim de nos levar a um posicionamento. Acredito que as manifestações populares que tomaram as ruas do Brasil ano passado foram essa janela, e creio também que nos posicionamos diante de Deus em oração a favor da nação. Houve grandes mobilizações de jejum e oração a favor do Brasil. Mas precisamos prosseguir e perseverar, como algo contínuo, estabelecido. O Congresso este ano cumpre esse propósito também.

Lagoinha.com: Tanto o Congresso de Mulheres quanto o Congresso de Louvor são eventos de grande aderência nacional, reunindo as cinco regiões do Brasil. Ao que você atribui tamanho êxito?

Ana: É realmente algo maravilhoso. Fico emocionada com as histórias dos congressistas que vêm de tão longe, sacrificam para estarem aqui, e voltam sempre para receberem mais. Somente Deus pode fazer isso. A Ele todo louvor, honra e gratidão por nos dar uma plataforma de influência para entregar Sua mensagem, o Seu recado nos nossos dias.

Extras

Para se inscrever para o Congresso de Mulheres Regional, acesse: http://www.diantedotrono.com/sites/congresso-mulheres-nordeste/

Para se inscrever para o Congresso Internacional de Intercessão e Adoração, acesse:  http://www.diantedotrono.com/sites/congresso-adoracao-intercessao-2014/

Fotos: Quartel Design

:: Érica Fernandes