1 Comentário

A cidade de Belo Horizonte está no propósito de oração da Igreja

bh 1Neste ano, Belo Horizonte completará 116 anos. No bojo de sua movimentada história, BH desponta como uma das primeiras cidades planejadas do país. Nasceu não somente cidade, mas capital e com a missão de inaugurar uma nova época no cenário político do estado: romper com a imagem colonial que estava associada à antiga capital, Ouro Preto (Vila Rica) e inaugurar tempos modernos, tempos republicanos.

Projetada por seus construtores para comportar uma população que chegaria à casa dos 100 mil habitantes às portas do século XXI, a cidade cresceu sem estrutura para atender às demandas de uma população que crescia em proporções astronômicas. De lá para cá, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, somos 2.375.444 belorizontinos (em 2010) e, como metrópole, somos 4.882.997 habitantes vivendo as consequências e os desafios de audaciosos planos. No século XXI, a cidade prossegue confirmando sua vocação para o crescimento sem limite, estendendo a sua rede de influência não somente às cidades circunvizinhas, mas em todo o território nacional.

Dados do IBGE atestam a cidade como a sexta mais populosa do país e, como metrópole, o terceiro aglomerado populacional da nação. Mesmo em meio a tantos desafios e problemas como o alto índice de criminalidade, carência e corrupção, seu nome figura em listas que destacam as melhores cidades para negócios da América Latina e, as metrópoles com melhor qualidade de vida na América Latina e no mundo.

Amamos a nossa cidade e estamos comprometidos com o Senhor e já vivemos a expectativa daquilo que Ele irá fazer. Desejamos profundamente cooperar com o Espírito Santo nesta empreitada. A exemplo do Nosso Senhor Jesus Cristo, que contemplou Jerusalém e se compadeceu dela, vamos também abrir nossos olhos e contemplar nossa cidade. Suas conquistas e necessidades devem ser alvos de nossas orações e agradecimentos à bondade do Senhor. Diante de tudo que presenciamos e vivemos:

1 – Que o Senhor levante aqui uma geração capaz de vencer desafios como o de rasgar os céus e clamar para que a população entregue o seu coração e o governo da cidade nas mãos do Pai.

2 – Busquemos para nós os planos e projetos de Deus. Temos a Palavra e a promessa de que como candeia, nascemos para refletir sobre esta cidade o Deus que está dentro de nós. Temos o conforto e a convicção de que o nosso Mestre não falha e não se atrasa em responder as súplicas e os anseios dos seus filhos.

3 – Levantemos as nossas mãos e declaremos sobre BH os propósitos do Senhor em todas as áreas da vida da cidade: economia, política, saúde, educação, arte, mídia e entretenimento.

4 – Por fim, pedimos ao Senhor que nos dê um coração que pulse no compasso do Seu. Que Deus nos fortaleça no sentido de que nesse processo não sejamos apenas espectadores, mas participantes e compartilhadores da graça do Pai.

::Sandra Vanessa

Imagens: Internet