Nenhum Comentário

Continue servindo!

Devocional“E nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus” (2 Coríntios 4.5).

O apóstolo Paulo dedicou muito de sua vida aos crentes de Corinto. Depois de determinado tempo, ele encontrou por parte deles a ingratidão. E essa ingratidão revelava algo pior, que era o pouco valor que Paulo tinha para eles. Não havia motivos para essa atitude errada, pois Paulo serviu a eles dando de si mesmo e sem lhes cobrar. Era puramente ingratidão e desvalorização a alguém que se deu para servir. Hoje em dia, vejo muitas pessoas desanimadas em servir, pois o “pagamento” que eles têm tido é a ingratidão. A causa é gente que somente quer receber (ser servido), por isso não sabem o valor de servir. Um cristão não deve servir pelo pagamento que terá de volta, mas porque servir é o seu chamado em CRISTO. Servir é um estilo de vida do cristão. Servir faz parte da natureza do cristão e é a vontade de CRISTO para nós. Servir implica em se dar, pagar um preço, abrir mão de si e de seus interesses. Implica deixar de se dedicar a si próprio para se dedicar ao outro.

É um esforço não desanimar de servir. É um esforço continuar servindo, sabendo que a decepção pode estar logo à frente. Volto a dizer: o cristão não serve pelo resultado que ele vai ter, mas por amor às pessoas e, principalmente, por amor a JESUS CRISTO. Essa é a vontade DELE, e eu quero agradá-LO. Por isso um cristão não pode desanimar de servir. Por isso devo ficar atento, para não ser um desses que têm causado desânimo ao serviço de outros. Paulo declarou que aquelas pessoas de Corinto eram carnais e infantis. Era isso que a atitude deles revelava. E assim eu não quero ser!

:: CHRISTIAN CLAYTON