Nenhum Comentário

Ela fala com sabedoria e ensina com amor

“Fala com sabedoria e ensina com amor” (Provérbios 31.26).

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

O capítulo 31 de Provérbios contém uma poesia em que a mãe do rei Lemuel ensina a seu filho a como escolher sua esposa. Por ser sábia, ela sabe as características de uma mulher que vive segundo o coração de Deus. Serva, trabalhadora (não dá lugar à preguiça), administradora, gentil, generosa com os necessitados, corajosa, íntegra e cheia de amor são algumas das qualidades descritas entre os versículos 10 e 31.

“Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis” (Provérbios 31.10), diz a mãe do rei. A palavra virtuosa (no hebraico havil) está relacionada à força moral e à integridade. Essa rara mulher expressa ternura e bondade por meio de suas atitudes. Comportamento que reflete o seu temor ao Senhor.

Amor e excelência

Ela administra o lar com amor (31.15,27), cuida com sabedoria das finanças (31.16,18), não desanima diante do trabalho (31.17), socorre os aflitos (31.20) e zela pelo bem estar da sua família (31.21,22). A sua boca transmite palavras de sabedoria aos ouvintes e, com amor, ensina os princípios de Deus. Diante da crise ou de um futuro incerto, ela sorri, pois confia na autoridade do Pai.

Temor ao Senhor

“A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada” (Provérbios 31.30). Essa é a chave para compreender o coração dessa mulher virtuosa. Aquela que teme ao Senhor rejeita o pecado e busca, em primeiro lugar, agradar a Deus. A mulher que busca o Reino de Deus antes de todas as coisas desvia o seu andar da arrogância e do comportamento perverso. Aquela que ama ao Pai acima de tudo confia Nele e glorifica o Seu nome, por toda a Sua grandeza, misericórdia e amor.

Presente do Pai

Feliz é o homem que encontra uma esposa cheia de virtudes, pois ela lhe fará sempre o bem (Provérbios 31.12) e lhe será como uma coroa (Provérbios 12.4). Mas essa esposa, mais preciosa do que joias raras, é presente que vem do Pai. “A casa e os bens são herança dos pais; porém do Senhor vem a esposa prudente” (Provérbios 19.14).

:: Raquel Carsi