Nenhum Comentário

Espere em Deus, mas também trabalhe

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

“Gostaria de vê-los livres de preocupações. O homem que não é casado preocupa-se com as coisas do Senhor, em como agradar ao Senhor” (1 Coríntios 7.32).

Esse é, provavelmente, um dos maiores desafios a ser cumprido pelos cristãos solteiros: não se preocupar em se casar. A Palavra, contudo, não apenas diz para os solteiros não se preocuparem com isso, mas, também, ensina como cumprir a orientação: trabalhando para Deus. Isso mesmo. No livro de Coríntios, escrito pelo apóstolo Paulo, é dito que os solteiros devem cuidar das coisas do Senhor.

E essa direção não é encontrada apenas em Coríntios. Salomão, com a sabedoria pela qual era conhecido, registrou: “Termine primeiro o seu trabalho a céu aberto; deixe pronta a sua lavoura. Depois constitua família” (Provérbios 24.27).

Não foi aleatoriamente que, inspirados pelo Espírito Santo, Paulo e Salomão disseram tais coisas. Gênesis já apresentava o assunto. No segundo capítulo da Bíblia, vemos Deus dando a seguinte ordem a Adão: “O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo” (Gênesis 2.15). Naquele momento, Deus ainda não havia criado Eva. Adão era solteiro. Sabemos disso por causa do texto que vem após. “Então o Senhor Deus declarou: ‘Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda’. Depois que formou da terra todos os animais do campo e todas as aves do céu, o Senhor Deus os trouxe ao homem para ver como este lhes chamaria; e o nome que o homem desse a cada ser vivo, esse seria o seu nome. Assim o homem deu nomes a todos os rebanhos domésticos, às aves do céu e a todos os animais selvagens. Todavia não se encontrou para o homem alguém que o auxiliasse e lhe correspondesse” (Gênesis 2.18-20).

Note que o próprio Deus disse que não é bom que o homem estivesse só. Adão nem mesmo tinha visto uma mulher na vida, mas o Senhor sabia que ele iria gostar da ideia de ter uma esposa. Mesmo sabendo que Adão aprovaria a criação da mulher, Deus o mandou dar nome a todos os animais primeiro. Adão, provavelmente, não terminou a tarefa da noite para o dia, pois havia muitas espécies. Um tempo foi gasto com essa atividade entre o Pai constatar que não era bom o homem viver só e transformar essa realidade. Um processo foi respeitado, uma ordem foi cumprida pelo homem primeiro.

Sem preocupação

“Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas, fechando o lugar com carne. Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a trouxe a ele. Disse então o homem: ‘Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada’” (Gênesis 2.21-23). Veja que, enquanto Adão dormia, Deus trabalhou para algo que o agradaria!

Adão entrou em sono profundo, e isso significa também que, naquele momento, não se achou preocupação em seu coração. Não vemos Adão questionar o porquê, por exemplo, de não ter nenhuma espécie semelhante a ele. Foi, sim, Deus quem fez Adão dormir. Porém o Senhor jamais teria feito tal coisa se Adão não tivesse entregado as rédeas de sua vida a Ele. Deus trabalhou porque Adão O permitiu, confiou que era o melhor e ele não se decepcionou. Lemos que Adão aprovou a mulher que o próprio Deus o deu. Portanto descanse o seu coração.

Outro exemplo bíblico é Rebeca. A jovem foi encontrada para se unir a Isaque enquanto trabalhava (Gênesis 24.15-51). Partindo desse ponto de vista, um princípio pode ser retirado desse ensinamento: cuide das coisas do Senhor, e Ele cuidará das suas. Deus sabe do que precisamos e é fiel àqueles que O obedecem e O priorizam. “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” (Mateus 6.33). “Todas essas coisas” dizem respeito às nossas necessidades. O Senhor sabe do que você precisa, por isso confie, espere, trabalhe.

:: THAIS OLIVEIRA