1 Comentário

Estatísticas Mundiais sobre o Evangelismo

Você realmente pensa que existe alguém ainda no mundo que nunca ouviu o Evangelho?

Pois bem, vivem no mundo hoje 2,5 bilhões de pessoas que nunca ouviram o Nome de Jesus nem sequer uma vez. Esta vasta multidão representa 15 vezes a população do Brasil, 140 vezes a população da cidade de São Paulo e 17 mil vezes o Maracanã lotado, em dia de jogo. Hoje no mundo, 1,2 bilhão são muçulmanos, 770 milhões são hindus e 360 milhões são budistas. No mundo, 1,7 bilhão são considerados cristãos. Destes quantos realmente são nascidos de novo? Jesus: "Não há outro Nome pelo qual devamos ser salvos" Existem por volta de 190 nações no mundo; 12.500 grupos étnicos; 6.528 línguas. De toda a população mundial existem 1,1 bilhão de pessoas que são analfabetas. 1,3 bilhão são miseravelmente pobres, ou seja, ganham menos que U$ 1.000,00 por ano e somente serão salvas se ouvirem e crerem no Evangelho de Jesus.

Segundo estatísticas do Movimento Global de Evangelização, nascem no mundo por dia 370 mil enquanto morrem 150 mil. Estima-se que 85 mil morrem por dia sem nunca terem ouvido falar do Nome de Jesus nem sequer uma vez na vida. Ou seja, 2,5 milhões de pessoas morrem a cada mês e vão para a eternidade sem sequer terem sido evangelizadas.

Para se ter uma idéia da situação espiritual, somente no Brasil, morrem assassinados 4 crianças por dia, 600 mil meninas são prostitutas (o equivalente a quatro Maracanãs lotados), 3 milhões de meninas entre 10 e 17 anos estão grávidas agora mesmo, a metade dessas meninas vive nas ruas, num país de 8 milhões de meninos de rua. Somente aqui nos Estados Unidos a cada 27 segundos um casal se divorcia (um em cada dois casamentos termina em divórcio) e a cada 24 segundos um aborto é praticado. Um milhão de crianças no próximo ano terão padrastos e madrastas num país que tem uma média de 8 Bíblias disponíveis para cada casa.

Jesus declarou que "este Evangelho do Reino será pregado em todo o mundo em testemunha a todas as gentes e então virá o fim" (Mt. 24:14).

A questão é esta: Diante desta realidade é possível evangelizar o mundo? E a resposta embora simples requer um esforço extremamente enorme. Sim, é possível, porém a evangelização do mundo depende de você. Não depende somente de você, mas depende de você.

No ano 100 d.C. havia 360 não-crentes para cada crente em todo o mundo. No início do século passado, em 1901 havia somente 40 não crentes para cada crente, mas hoje no início deste novo século existem apenas 7 não-crentes para cada crente em todo o mundo. Então imagine, posto matematicamente (visto que não é somente uma questão matemática) que, se cada crente evangelizasse 7(sete) pessoas no mundo em um ano, em somente um ano todo o mundo seria evangelizado.

Existem 900 congregações cristãs para cada povo não alcançado no mundo. Imagine, pois, se apenas 10% destas igrejas adotasse um destes povos não alcançados, ainda assim haveriam 90 igrejas para cada um destes povos.

Agora, quantos destes povos a sua igreja irá adotar? Meu amado pastor ou pastora, que povo você irá adotar para interceder e alcançar? Cada um de nós é missionário. Esta é a Ordem e o Plano de Jesus. Cada um de nós pode fazer parte desta tarefa. Mas com apenas discursos não iremos a lugar algum. Você pode perguntar: Mas, como?

Reinhard Bonnke afirma em seu livro Evangelismo pelo Fogo: "O Evangelho não é boas novas para um povo que nunca o ouviu – um Evangelho que não é pregado não é Evangelho." Em Mc. 16:20 nós lemos: "E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes (pregaram em todos os lugares), trabalhando (cooperando) com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram".

Vamos ser práticos e objetivos! Tem você pregado por todos os lugares por onde tem passado, na sua escola, para os seus amigos, no seu trabalho? E pela Internet com a qual temos acesso a quase todos os povos de todos os países, inclusive a países muçulmanos? Quanto de seu salário você investe em missões? Não estou referindo apenas ao seu dízimo ao Senhor que nem deveria mencionar por se tratar de questão de sua fidelidade a Deus! Estou referindo-me a sua oferta financeira mensal e contínua para alcançar os perdidos! Quanto você contribui mensalmente e diretamente com missões? E sua igreja? Quanto da sua entrada financeira é investida em missões mundiais? Quantos missionários ajuda a sustentar? Se não pode começar fazendo uma grande tarefa, que tal começar a sustentar um missionário ao redor do mundo!? Que tal começando a contribuir com 1% de seu salário? Que tal renunciar um gasto com um lazer ou com uma compra de uma roupa para enviar para missões?

Tenho às vezes clamado em agonia na intercessão ao Senhor quando contemplo minha própria congregação, homens e mulheres, moços e moças acomodados nos bancos, cuidando somente de seu bem estar e de suas famílias e que não fazem nada ou fazem muito pouco para salvar as vidas. Contemplo pais e mães apenas envolvidos em seus trabalhos seculares no afã de realizar seus sonhos materiais quando não têm nenhum propósito de ganhar vidas! Comprando carros novos e nem sequer contribuem com missões! Este é o povo que incoerentemente clama pela volta de Jesus!

A sua família tem um mandato de Deus: ser uma benção para todas as famílias da terra. Deus nos deu uma ordem de alcançar as nações da terra para o Reino de Deus, mas lamento que fiquemos apenas tendo uma Visão desta obra. Visão sem AÇÃO não é visão, é fantasia! E não ir é desobediência, é pecado!

Posso imaginar João Batista, este homem queimado pelo Fogo do Espírito, em ardendo em zelo por realizar sua missão especial, a de preparar os caminhos do Senhor! Um homem de uma só Missão. Ele não se distraia com outras coisas, enquanto hoje há muita distração nas igrejas e às vezes nenhuma MISSÃO. Jesus veio buscar e salvar o que se havia perdido. A Igreja está na terra para terminar esta missão. Imagine João Batista vivendo hoje dirigindo-se para os milhares de religiosos de nossos templos, aos ouvintes religiosos da beira do Jordão do Século XI:
– Arrependei-vos! "O machado está posto à raiz das árvores; toda a árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo" (Mt. 3:10).
Aquele que ouvindo por anos a fio a ordem de JESUS para ir e pregar o Evangelho continua colado no banco de sua igreja, indiferente como se a ordem não fosse para ele, é apenas religioso e está tão perdido como o pior dos pagãos das nações ímpias da terra! RELIGIÃO NÃO SALVA! Produzi, pois, frutos de arrependimento. O Senhor está declarando hoje aos indiferentes e aos acomodados, aos que repousam em Sião, aos abastados, aos ricos, aos que não têm falta de nada: "Eu estou a ponto de vomitar-te da minha boca." (Ap. 3:15-17) Arrepende-te!

Não existe Avivamento numa Igreja se os seus membros não evangelizam e vidas não estão sendo salvas. Missões é a alma da igreja avivada pelo Espírito Santo. O Avivamento na Igreja a santifica e a prepara para ganhar almas no mundo.

O profeta Isaías foi tocado pela brasa do Altar de Deus e ele narrou a sua experiência deste modo: "E com ela tocou a minha boca e disse: Eis que isto tocou os teus lábios e a tua iniquidade foi tirada e purificado o teu pecado. Depois disto, ouvi a voz do Senhor que dizia: A quem enviarei e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a Mim."(Is. 6:7-8) Todo o ganhador de almas precisa ter contato com o Fogo do Senhor! A brasa viva de fogo precisa tocar nele. Que ser um ganhador de almas? Jesus, Aquele que batiza com o Espírito Santo e com Fogo vai derramar Fogo do Altar sobre sua vida.

Sabe como a Bíblia identifica alguém batizado com o Espírito Santo? De fato há muitos sinais mostrados na Bíblia que determinam se um crente é ou não batizado com o Espírito Santo, mas o sinal essencial é este: "recebereis poder… e ser-me-eis testemunhas…" (At. 1:8). Quem não testemunha de Jesus não foi batizado com o Espírito Santo. A principal razão para o Senhor Jesus batizar o crente com Seu Espírito é para que se torne uma testemunha dEle e não para orar em língua estranha. O Espírito Santo, esteja certo disto, somente é dado àqueles que obedecem a Deus. (At. 5:32)

O Espírito Santo expressamente diz as Igrejas: "Todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. Como, pois invocarão aquele em que não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue? E como pregarão se não forem enviados?" Rm. 10:13-15).

O Senhor pergunta hoje: A quem enviaremos? Quem há de ir por nós?

Será você o primeiro a se levantar e a dizer: Eis-me aqui, Senhor. Envia-me a mim?

Pr. Josimar Salum Gouvea
ABBA MISSION & HELP MINISTRIES
CALVARY TEMPLE – USA