Nenhum Comentário

Estenda a mão nesse Natal

Devocional“Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz” (Isaías 9.6).

Natal é tempo de festa e alegria, pois é a época em que lembramos de Jesus Cristo, o Messias, nosso Senhor e Salvador, que nasceu na simplicidade, morreu por nós, pecadores, e ressuscitou ao terceiro dia, realizando a Sua obra eterna e imensurável. São dias de amor, fé e esperança, em que familiares e amigos reúnem-se em diversas comemorações, para celebrar a principal alegria que é a certeza de que Deus os ama tanto que entregou seu único Filho por eles (João 3.16). Eles tem inúmeros motivos para estarem reunidos com mesa farta, troca de presentes, abraços e orações.

Mas Natal também é um tempo em que devemos lembrar dos milhares que, infelizmente, não tem comida na mesa, não tem familiares e nem amigos para repartir o pão. Eles, nem mesmo, tem, sequer, O motivo de alegria, pois não tem a salvação, concedida pelo nosso Príncipe da paz. Vamos fazer diferente nesse Natal! Vamos estender nossas mãos para os que estão necessitados e solitários, para as crianças nas casas de abrigo e para os velhinhos nos asilos, para os dependentes químicos e moradores de rua e até mesmo, para aqueles vizinhos “ranzizas” que convivem conosco. Nesse Natal, vamos ofertar nossa atenção, compaixão, sorriso, comida, amor e, mais do que tudo, nossa esperança, de que Cristo, um dia, irá voltar, e de que a porta está aberta para que eles possam cear com o restaurador de nossas vidas.

:: Raquel Carsi