25 Comentários

Mãe-de-santo se converte a Cristo

Saiba em detalhes como Maria Vieira, ex-mãe de santo, teve um encontro com Deus numa das Células da Igreja Batista da Lagoinha.

Maria Vieira da Silva (71), dedicou mais de 50 anos da sua vida servindo ao Inimigo em um centro espírita nos fundos da sua casa, como mãe-de-santo da Umbanda, Quimbanda e Candomblé. Sua iniciação no terreiro aconteceu quando tinha 10 anos e, desde então, não mais se afastou dos trabalhos com guias espirituais. Cada atendimento que Maria fazia como mãe-de-santo era cobrado um valor. Esta prática era a sua única fonte de renda.

Em 2006, após ter encerrado as atividades do terreiro, Maria foi surpreendida com uma novidade bem próxima à sua casa, no bairro São Benedito: a inauguração de uma Célula da Lagoinha na casa de sua vizinha, a senhora Suely. A novidade não agradou a Maria, principalmente, por que de sua residência podia ouvir as pessoas reunidas e entoando diversos louvores.

Certo dia, Maria bateu no portão da casa de Suely com o propósito de confrontá-la; entretanto, foi “desarmada” ao ser recebida com um belo sorriso de Suely, líder da Célula. Maria foi recebida com muito amor e respeito pelos participantes e logo percebeu que o ambiente era diferente do que estava acostumada a frequentar.

As semanas foram se passando e Maria estava cada vez mais envolvida com a Célula. Suely sempre pedia que Maria chegasse mais cedo às reuniões para ensiná-la a respeito do Evangelho e de Jesus. A convivência semanal com as pessoas e com a Palavra de Deus fez com que Maria começasse a mudar a sua maneira de viver e deixar de crer nos espíritos com os quais ela conversou por tantos anos. A sua primeira atitude foi avisar aos seus guias espirituais que não iria mais servi-los e a segunda foi dizer às pessoas que ainda continuavam a procurá-la, mesmo depois de ter fechado o centro, que não faria atendimentos ou concederia orientações espirituais.Mesmo com essas mudanças e frequentando semanalmente a Célula de Suely, Maria ainda não tinha entregado o seu coração a Jesus, o que não demorou a acontecer. Mas ao final de uma das reuniões, Suely fez um apelo perguntando aos presentes quem gostaria de receber Jesus como salvador. Maria rapidamente levantou as mãos e entregou seu coração a Cristo. Assim que terminou de orar, Maria teve uma visão do mundo espiritual. Seus olhos viram uma caixa d’água se abrir e muitas águas passarem por cima do muro, entrarem na casa e passarem por cima da cabeça de cada pessoa presente na sala.No domingo seguinte, Maria foi levada por Suely, pela primeira vez, à Lagoinha para participar do culto de libertação ministrado pelo pastor ronaldo Moreira. Para Maria foi uma experiência completamente diferente de tudo que já havia vivido. Enquanto ouvia a pregação, Maria recebeu a revelação da Palavra de Deus em seu coração; o que definiu como uma experiência marcante. Celebrar ao Senhor e colocar os pés na igreja pela primeira vez fez com que Maria entendesse que estava saindo das trevas para caminhar na verdadeira luz.

A partir desse culto, Maria decidiu congregar na Lagoinha. Participou da classe de adoção, foi batizada nas águas e se tornou membra da IBL. Já envolvida com a igreja, recebeu o apoio e auxílio da sua líder de Célula, Suely, e de um obreiro, para retirar da sua casa, onde funcionava o centro espírita, todos os objetos consagrados a Satanás. Por meio da intercessão dos irmãos, Maria conseguiu jogar dentro de um caminhão tudo que utilizava para servir ao Maligno. Por causa dessa escolha, Maria enfrentou muitas batalhas espirituais, tribulações e dificuldades financeiras; entretanto, venceu todas essas lutas com a ajuda de Cristo e dos irmãos da Lagoinha. Hoje, Maria Vieira da Silva se alegra com a sua nova vida em Cristo e por fazer parte da família Lagoinha.

Ore e ligue para a irmã Maria, pois ela precisa de apoio espiritual para permanecer firme na caminhada com Jesus (31) 8790-8779. Visite também a Célula de Suely e ligue para ela: (31) 8655-7291.