1 Comentário

Igreja é convidada a orar pelos governantes de BH e do Brasil

Se nosso objetivo como igreja é trazer 10% de Belo Horizonte para a Casa de Deus, precisamos orar de fato pelos políticos que governam BH e o Brasil

200px-Dilma_Rousseff_-_foto_oficial_2011-01-09A política tem o seu lugar e a sua importância na vida da cidade. As relações políticas vão definir como uma sociedade caminhará, quais as prioridades devem ser atendidas em meio a diversas demandas da população. A direção política de uma cidade afeta a sua economia, a educação, a arte, a saúde, a mídia, enfim, todos os setores da vida pública.

Durante toda a sua história até os dias de hoje, o segmento político em Belo Horizonte sempre foi expressivo. Vários prefeitos da cidade se tornaram governadores do estado e dois se tornaram presidentes da República. Belo Horizonte, inclusive, é a cidade natal da atual presidente, Dilma Rousseff, do senador Aécio Neves, cogitado como um dos candidatos para as próximas eleições presidenciais que ocorrerão em 2014.

Em vista dos últimos acontecimentos, nos deparamos com uma classe política perplexa e assustada com o grito das manifestações vindas das ruas do país. Paira uma sensação de desnorteamento na política e esta é para nós, Igreja do Senhor, uma oportunidade para influenciarmos e declararmos a Palavra de Deus sobre os céus de nossa cidade e país, não sendo assim omissos com a nossa missão de discipular nações, como o Senhor nos ordenou.

A Bíblia traz inúmeros registros de como servos do Senhor foram usados para aconselhar autoridades e assim mudar o rumo de muitas vidas. Não existe um exemplo tão grandioso, tão profundo quanto o do Nosso Senhor Jesus Cristo. Seja qual for o prisma ou aspecto da vida humana que analisemos, não encontraremos exemplo mais perfeito. Todos os dias aprendemos com Ele. Ao folhearmos as páginas dos evangelhos, não nos deparamos com um Jesus alheio, preso no templo e distante das necessidades dos homens ou um Jesus que moldasse a verdade ao contentamento de todos. Observamos, sim, um Jesus ativo, presente no dia a dia das pessoas, um Jesus que atraía a todos, inclusive, governadores e autoridades da sua época, e sem comprometer a verdade.

phpPY1lmnPortanto, como cooperadores e participantes do Reino somos convocados a orar pela nossa cidade e pelo nosso país, como ensinou Paulo a Timóteo: “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Tm 2.1-4).

1 – Orar pelos nossos governantes na esfera nacional, estadual e municipal, apresentando ao Senhor suas vidas e lideranças para que eles possam se inclinar à vontade de Deus. Quando a igreja ora pelos seus líderes políticos, Deus é poderoso para sensibilizar-lhes o coração, mesmo que ainda não tenham sido alcançados pelo Evangelho.

2 – Clamar ao Senhor para que se levante em nossa cidade e em nossa nação uma liderança cristã, comprometida com a verdade e com os valores do Reino.

3 – Orar para que na condição de cooperadores e participantes, sejamos zelosos no nosso testemunho diário, pois, nossas atitudes condizentes com a Palavra de Deus trarão um maior impacto à nação.

 PRINCIPAIS GOVERNANTES

Presidente da República: Dilma Rousseff

Vice-presidente: Michel Temer

Governador de Minas Gerais: Antônio Anastasia

Vice-governador de Minas Gerais: Alberto Pinto Coelho

Prefeito de Belo Horizonte: Márcio Lacerda

Vice-prefeito de Belo Horizonte: Délio Malheiros

::Sandra Vanessa

 Fotos: Internet