Nenhum Comentário

Intercessão pelos pastores

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

Houve uma guerra entre Amaleque e os israelitas durante a sua jornada pelo deserto, antes de entrarem na Terra Prometida. Josué estava com os exércitos das doze tribos no vale, enquanto Moisés, Arão e Hur subiram o monte, de onde acompanhariam a peleja.

Enquanto Moisés erguia suas mãos, o exército de Israel prevalecia, mas, quando ele baixava as mãos, Amaleque prevalecia. O texto bíblico nos diz: “Ora, as mãos de Moisés eram pesadas; por isso, tomaram uma pedra e a puseram por baixo dele, e ele nela se assentou; Arão e Hur sustentavam-lhe as mãos, um, de um lado, e o outro, do outro; assim lhe ficaram as mãos firmes até ao pôr do sol” (Ex 17.12). Com esta estratégia de grande significado espiritual, o povo de Israel venceu a batalha. E isso nos mostra como podemos vencer os inimigos e conquistar a Terra Prometida: sustentando a liderança, os pastores, em oração. As mãos abençoadoras precisam estar levantadas, porém sustentadas pelos intercessores.

Nesses dois mil anos da existência do cristianismo, homens e mulheres de Deus, pastores do rebanho do Senhor têm sido sustentados pelas orações de anônimos intercessores. É preciso compreender essa verdade e manter os braços de nossos líderes erguidos, para que o inimigo seja vencido e o propósito de Deus seja alcançado por meio de vidas libertas e salvas. Seja você um intercessor. Ore pelos pastores e pela liderança da igreja. Avancemos de joelhos para conquistar o que Deus planejou para Seu povo nesta geração.

:: Prª. Ângela Valadão

Ligue para o pastor Marco Túlio e fale sobre esse assunto (31) 98402-1586