Nenhum Comentário

Levante-se, poderoso guerreiro!

[Foto: Unsplash.com]

[Foto: Unsplash.com]

“Então o anjo do Senhor apareceu a Gideão e lhe disse: ‘O Senhor está com você, poderoso guerreiro’” (Juízes 6.12).

A história de Gideão tem muito a nos ensinar. Deus levanta esse homem em um tempo difícil para o povo de Israel. Já havia sete anos os israelitas sofriam nas mãos dos midianitas. Um anjo do Senhor aparece, porém, para avisar a Gideão que aquele pranto terminaria, e que ele seria o líder dessa libertação. É nesse momento que Deus chama aquele homem de “poderoso guerreiro”, porque Ele vê lá na frente, muito além de nós. Gideão não se via como “poderoso” e nem como “guerreiro”, mas o Senhor via, pois já havia decretado a vitória de Israel, apesar das circunstâncias adversas existentes no presente.

Gideão reconhece a visão e as palavras como de Deus, mas, mesmo assim, não crê nelas. Pior: ele questiona o Senhor. “’Ah, Senhor’, Gideão respondeu, ‘se o Senhor está conosco, por que aconteceu tudo isso? Onde estão todas as Suas maravilhas que os nossos pais nos contam quando dizem: ‘Não foi o Senhor que nos tirou do Egito?’ Mas agora o Senhor nos abandonou e nos entregou nas mãos de Midiã’” (Juízes 6.13). Já ouviu coisas semelhantes a essas por aí? Conhece gente que, mesmo diante de um sinal de que as coisas vão melhorar, se apega às más experiências vividas e coloca em cheque o caráter do Pai? Identificou-se com alguma coisa?

Às vezes andamos tão carregados de pessimismo que nem conseguimos enxergar o quão submersos de incredulidade estamos. Mesmo assim o Senhor, com toda a Sua misericórdia e paciência, costuma nos dar novas oportunidades. “O Senhor Se voltou para ele e disse: ‘Com a força que você tem, vá libertar Israel das mãos de Midiã. Não sou Eu quem o está enviando?’” (Juízes 6.14). Deus não nos pede nada que não possamos dar. O Pai nos manda ir com a força que temos, pois só precisa do nosso “sim” para fazer o sobrenatural acontecer.

Não tem nada a ver conosco

Além disso, quem envia é Ele, portanto a responsabilidade da vitória é Dele também. Não tem nada a ver conosco! Por isso não invente desculpas para impedir o propósito de ser cumprido; não diga como Gideão: “Ah, Senhor, como posso libertar Israel? Meu clã é o menos importante de Manassés, e eu sou o menor da minha família” (Juízes 6.15). Deus já te deu tudo que precisa para vencer essa luta para a qual te chamou. “Eu estarei com você, e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem” (Juízes 6.16). O Senhor falou mais de uma vez que estava com Gideão naquele plano. Será que com a gente Ele precisará ficar repetindo até crermos em Sua direção?

Aquele que prometeu é fiel para cumprir (Hebreus 10.23). “Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que Se arrependa. Acaso Ele fala, e deixa de agir? Acaso promete e deixa de cumprir?” (Números 23.19). Sendo assim o Senhor não tem que ficar implorando nada para nós. Ele é o Todo-Poderoso, o Senhor dos Exércitos, o Rei dos reis, o Senhor dos senhores, o Leão da Tribo de Judá. Como sempre diz a pastora e professora do Seminário Teológico Carisma Sílvia Lima, ao ressaltar a grandeza de Deus: “Limite-se na sua insignificância”.

Se o Senhor disser que somos “poderosos guerreiros”, não significa que de fato o somos em nós mesmos, mas, sim, porque Ele está conosco e em nós. “Deus nos ressuscitou com Cristo e com Ele nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus” (Efésios 2.6). E Jesus é aquele está “muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir. Deus colocou todas as coisas debaixo de Seus pés” (Efésios 1.21,22a). Jesus já ganhou todas as guerras por nós! Confie em quem Cristo é e no que Ele pode fazer por meio de você.

Então, que a “paz seja com você! Não tenha medo. Você não morrerá” (Juízes 6.23). “Seja forte e corajoso” (Josué 1.6a). “Estarei com você; nunca o deixarei, nunca o abandonarei” (Josué 1.5a). Portanto, se Deus te chamou, levante-se, poderoso guerreiro! O Senhor está contigo.

:: THAIS OLIVEIRA