Nenhum Comentário

Malediscência

O que a Bíblia diz :

Pv 20: 19 – “O que anda mexericando revela segredos; pelo que não te metas com quem muito abre os lábios. ”

Tg 3: 2,3,5-10 – ” Todos tropeçamos de muitas maneiras, se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo. Quando colocamos freios na boca dos cavalos para que eles obedeçam, podemos controlar o animal todo.

Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma pequena fagulha. Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniqüidade. Colocada entre os membros de nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno. Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar, doma-se e é domada pela espécie humana; a língua, porém, ninguém consegue domar. Ela é incontrolável, cheia de veneno mortífero. Com a língua bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição meus irmãos, isto não pode ser assim. ”

Pv 17: 20 – “O que tem língua dobre virá a cair no mal. “( dobre = ora fala uma coisa, ora fala outra).

A maledicência sempre resulta em coisas que o Senhor detesta :

Pv 6:16-19 – “Há seis coisas que o Senhor detesta; sim , há sete que Ele abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que maquina projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos. ”

Pv 8:13 – “O temor do Senhor é odiar o mal; a soberba, e a arrogância, e o mal caminho, e a boca perversa, Eu os odeio. ”

O homem, em sua velha natureza, tem prazer na maledicência. Fala de forma mansa, mas sempre há ódio na origem das palavras :

Pv 26:22 – “As palavras do difamador são como bocados deliciosos, que descem ao íntimo do ventre. ”

Sl 55:21 – “A sua fala era macia como manteiga, mas no seu coração havia guerra; as suas palavras eram mais brandas do que azeite, todavia eram espadas desembainhadas. ”

Pv 26:28 – ” A língua falsa odeia aqueles a quem ela tem ferido; a boca lisonjeira opera a ruína. ”

Decida no seu coração, confiando no poder do Espírito Santo.

A seguir, o caminho que a palavra aponta:

Mt 15:11 – ” O que entra pela boca não torna o homem impuro; mas o que sai de sua boca, isto o torna impuro. ”

Pv 4:24 – ” Desvia de ti a malignidade da boca, e alonga de ti a perversidade dos lábios.”

Pv 13:3 – ” O que guarda sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína. ”

Pv 21:23 – ” O que guarda a sua boca e a sua língua, guarda das angústias a sua alma. ”

Para ficarmos livres deste hábito que grandemente impede nosso desenvolvimento espiritual, é necessário primeiramente, sermos renovados em nossa mente. Para isso, leia e medite nos textos dados até aqui.

Encare o pecado de frente e confesse. Este é um dos pecados mais difíceis de ser reconhecido por nós; pois sempre quando falamos de alguém, achamos que temos razões justas para isso. Aí está o grande erro ! Experimente tomar os seguintes passos :

– Declare, em voz alta, que você expulsa, em nome de Jesus Cristo, aquele pensamento ou aquele ímpeto de falar mal ou de criticar alguém.

– Se você ora em línguas, comece a orar imediatamente.

– Ore, então, abençoando aquela pessoa, intercedendo por sua dificuldade ( aquela que você ia contar ou criticar ).

– Louve a Deus pelo amor que Ele derramou em você, declare isto com sua boca, agradeça a Ele pela vitória.

Medite nos seguintes versículos :

Pv 16:21,24 – “O sábio de coração será chamado prudente; e a doçura dos lábios aumenta o saber. Palavras suaves são como favos de mel, doçura para a alma e saúde para o corpo. ”

I Co 1:10 – ” Irmãos, em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, suplico a todos vocês que concordem uns com os outros no que falam, para que não haja divisões entre vocês, e sim, que todos estejam unidos num só pensamento e num só parecer. ”

Ef 4:29 ; 5:4,19-21 – ” Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês , mas, apenas a que for útil para edificar os outros , conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não haja obscenidades nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças. Falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando e louvando no coração ao Senhor, dando graça constantemente a Deus Pai por todas as coisas, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Sujeitando-se uns aos outros, por temor a Cristo.”

Fl 4:8 – ” Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. ”

O que fazer quando virmos alguma coisa errada nos irmãos :

Gl 6:1,2 – ” Irmãos, se alguém for surpreendido em alguma transgressão, vocês que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que não seja tentado. Levem os fardos pesados uns dos outros e, desta forma, cumpram a lei de Cristo”.

Tenhamos , portanto, muito cuidado :

Tg 2:12,13 – ” Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade; porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo ! “.

Marque em sua Bíblia e copie as seguintes passagens :

Sl 19:14 Sl 34:13,14 Sl 37:30

Sl 39:1 Sl 141:3 Pv 18:20,21

Ore com estas passagens, declarando-as em sua vida.

Plante a palavra de Deus em sua vida, e você terá uma colheita maravilhosa :

Gl 6: 7,8 – “Não se deixem enganar : de Deus não se zomba. Pois, o que alguém semear, isto também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas, quem semeia para o espírito, do espírito colherá vida eterna. “