Nenhum Comentário

O procrastinador

Foto: Internet

Foto: Internet

Jesus disse: “Siga-me”, mas o homem respondeu: “Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai” (Lucas 9.59). Por que fazer agora o que pode ser feito depois? Esse é o lema do procrastinador. Procrastinar, segundo o dicionário Aurélio, significa: Transferir para outro dia; adiar, delongar, demorar,
espaçar.

O procrastinador é um “adiador” de decisões, sejam profissionais, pessoais, espirituais. Da mais simples a mais importante, nada é tão urgente que não possa esperar. Vive aquém do seu potencial, pois está sempre no limite de suas forças, uma vez que, como não age na ocasião oportuna, as questões a serem tratadas acumulam-se e o tempo sempre será escasso.

A preguiça é uma das causas da postergação, a falta de vontade de fazer algo em determinado momento. “É melhor descansar um pouco”, pode-se pensar, mas ironicamente, quem pensa assim acaba por trabalhar muito mais: delongar uma tarefa não fará com que ela desapareça, e o período para executá-la depois será menor. Além disso, outras podem surgir e avolumar o trabalho. Em vez de agir com planejamento (ele não tem tempo para isso), usando de maneira equilibrada seus recursos, o negligenciado trabalha sob pressão e isso pode influenciar a qualidade do resultado.

A ansiedade é outro motivo. O ansioso vive no futuro e sofre antecipadamente por cada desafio proposto. Como nossa tendência é supervalorizar as dificuldades, adiamos o sofrimento
sem perceber que estamos, na verdade, prolongando esse sentimento que pode não condizer com a realidade, já que o trabalho pode ser bem mais simples do que parece.

A procrastinação rouba a paz e a qualidade de vida de quem é afetada por ela. É algo que escraviza, tortura e fere. São pessoas frustradas por verem outros vivendo aquilo que elas apenas sonham, o que leva à baixa autoestima. Carregam complexo de culpa por não corresponderem às expectativas suas e de seus pares. Sofrem sozinhas, adiantando a procura por ajuda.

Para o procrastinador, Jesus diz: “Aja”! “Deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos; você, porém, vá e proclame o Reino de Deus” (Lucas 9.60). “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus” (Lucas 9.62). Sabemos que Deus não nos ordena fazer algo que
esteja acima de nossas forças, mas capacita quem nele confia. “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?”
(Romanos 8.32). O avanço e o crescimento de tantas pessoas em diversas áreas dependem de Deus.

Decida-se hoje mesmo livrar-se desse mal e viver abundantemente o que Cristo nos prometeu. “A esperança adiada entristece o coração; mas o desejo cumprido é árvore de vida” (Provérbios 13.12).

Se você deseja ser batizado ou se transferir para a Lagoinha, a Jornada da Aliança está preparada
para ajudar-lhe. Ligue para o pastor Leandro Martins: (31) 34291500 / 98878-0119.

::Pr. Elber Cosme