Nenhum Comentário

O que publicar nas redes sociais da minha igreja ou ministério?

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

Esta é uma das perguntas que mais leio/ouço em minhas aulas e palestras: Elis, o que eu publico nas redes sociais da minha igreja/ministério? Pensando nisso, separei 7 dicas que podem te ajudar a produzir melhores conteúdos para os seus canais digitais.

1) Mensagem de pregação dos cultos: anote as principais frases, ideias e referências bíblicas do preletor dos cultos de sua igreja. Esse material pode se transformar em diversos tipos de postagens. Com essas frases e referências você pode fazer publicações ao longo da semana, mês e ano, dando referência ao preletor/pastor. Exemplos de posts: foto do pastor/preletor com a frase dele na legenda da publicação, trecho em vídeo desta mensagem, uma arte com a frase, um devocional a partir da mensagem arquivada etc.

2) Fotos dos cultos/reuniões: ter um banco de imagens da própria igreja/ministério é essencial para qualquer divulgação. Quem trabalha com Mídias Sociais há mais tempo já sabe que hoje as pessoas interagem principalmente com vídeos ou fotos. As artes têm tido cada vez menos alcance no ambiente digital. Então, aproveite os momentos mais bonitos registrados para serem publicados ao longo da semana com frases do pastor ou mesmo de escritores que inspiram sua igreja/ministério.

3) Faça vídeos curtos: se sua igreja grava ou transmite os cultos ao vivo, é mais fácil pegar desse material e editar em mensagens mais curtas, de até um minuto para o Instagram ou de até cinco minutos para o Facebook. Ou, ainda, gravar de seu próprio celular, com a ajuda de algum tripé (em lojas de importados é possível encontrar tripés entre R$10 e R$ 25). Lembre-se de que as pessoas estão cada vez mais vendo vídeos na Internet.

4) Crie um banco de versículos bíblicos: publique versículos, seja em texto, arte ou legendando fotos. Mas criar um banco de versículos pode te ajudar muito. À medida que estiver lendo a Bíblia, estudando, assistindo uma mensagem, vá salvando os versículos bíblicos. Quando estiver fazendo agendamento de suas publicações, já terá para postar versículos facilmente selecionados por você ou por sua equipe.

5) Dicas de livros e filmes: converse com os líderes de sua igreja e ministério e crie uma lista de indicações de livros e filmes que eles assistiram e gostariam que outros vissem/lessem.

6) Informe o que sua igreja tem feito: as igrejas desenvolvem muitos trabalhos lindos com crianças, em ações sociais, impactos evangelísticos; há testemunhos lindos, mas pouco vemos disso nas redes sociais. Que tal transformar as redes de sua igreja/ministério em um canal de prestação de contas? Ali as pessoas vão encontrar o que a igreja tem feito de fato. Sem dúvidas, servirá como um canal de inspiração para muitos.

7) Divulgar a programação da igreja/ministério: e, claro, divulgar os próximos eventos da igreja. Não é legal publicar a mesma arte mais de uma vez. Então, se pretende divulgar o mesmo evento ao longo de um período, use fotos de eventos anteriores ou mesmo de bancos de imagens gratuitos, como Pixabay e Unsplash, para ilustrar a divulgação. As pessoas tendem a ignorar quando veem publicações repetidas.

:: Elis Amâncio*

*Elis é jornalista com especialização em Comunicação Digital, Mídias Sociais e Marketing Digital; consultora, professora de Mídias, palestrante e autora do livro Mídias Sociais na Igreja, área em que atua há 10 anos.