Nenhum Comentário

Onde estão suas raízes?

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno“. (Salmos 139.23,24)

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

A palavra diz, em Provérbios 16.9, que é no coração que o homem planeja os seus caminhos. E é do coração, também, que “saem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as imoralidades sexuais, os roubos, os falsos testemunhos e as calúnias” (Mateus 15.19).

Na oração presente em Salmos 139.23-24, o rei Davi pediu a Deus para investigar, revistar, examinar e esmiuçar as intenções do seu coração. Ele rende-se à vontade do Altíssimo, a fim de que que o próprio Senhor averiguasse onde estavam as suas raízes. E, dessa maneira, os seus passos não seriam firmados em caminhos tortuosos.

Acredito que todo cristão deveria fazer esse tipo de oração a Deus visando alcançar um coração limpo e quebrantado que cumpre os propósitos do Reino. Pois, durante a nossa caminhada cristã, podemos nos ver em caminhos que não agradam a Deus. Até mesmo cumprindo atividades na igreja, mas com motivações erradas.

Isso mostrará confiança no Senhor. E há promessa de ser uma árvore frutífera para todo homem que reconhece a sua dependência Dele. “Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro. Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto” (Jeremias 17.8).

Que o Senhor sonde seu coração, examine a sua motivação de ir aos cultos todo domingo ou nas células, de servir nos ministérios, sobre o seu emprego ou estudos. Que Ele sonde onde você tem depositado sua confiança, se tem idolatria no coração, a fim de que você esteja sempre no caminho reto e que leva você a ter mais intimidade com o Espírito Santo.

:: Raquel Carsi