Nenhum Comentário

Ore com entendimento

Foto: pixabay.com

Foto: pixabay.com

Ore na certeza de que Deus é grande demais (Sl 8.1), que está em toda parte (onipresente), que sabe todas as coisas (onisciente), que Ele tem todo o poder nos céus, na terra, no universo, na eternidade, na história, nas nações (onipotente) e pode fazer infinitamente mais além de tudo o que pedimos ou pensamos segundo o Seu poder, que opera em nós (Ef 3.20).

Ore com a consciência de que o Espírito Santo intercede por nós diante do Pai, pois não sabemos orar como convém (Rm 8.26). Orar é poder chegar diante do Pai sabendo que nossas fraquezas e nossos pecados podem ser perdoados por causa do sangue de Jesus. Orar é saber que Ele, Jesus, o Filho amado de Deus, Senhor e Salvador nosso, intercede por nós (Rm 8.34) e advoga a nossa causa, sabendo que somos fracos e passíveis de pecar, e, com Seu perdão, Ele nos traz a paz: maravilhoso presente advindo de Seu sacrifício por nós na cruz do Calvário. Orar é apresentar ao Senhor o nosso coração e deixar perante Ele a nossa petição. É buscar a resposta, a direção, a intervenção do Pai a nosso favor. A oração é a nossa linguagem de comunhão com a Trindade – é a nossa comunicação com o Reino dos Céus.

Então, ore para conhecer mais o Senhor, o Seu coração, Seus planos para sua vida. Orar é ter a oportunidade de se tornar conhecido nos céus. Orar é demonstrar fé, confiança no único e verdadeiro Deus, no Criador de todas as coisas, e crer que Ele pode fazer o impossível aos homens para nos responder às petições.

:: Prª. Ângela Valadão

Ligue para o pastor Marco Túlio e fale sobre esse assunto (31) 98402-1586.