6 Comentários

Ore pela Uganda

ug-lgflag

País africano que vive um avivamento sobrenatural, cuja influência da Igreja tem resultado em milagres e transformações sociais

 CAPITAL: Kampala

POPULAÇÃO: 33,8 milhões

GOVERNO: República Presidencialista

MOEDA: Xelim Ugandês

Nesta edição da revista Atos Hoje, você confere uma entrevista exclusiva com o pastor John Mulinde, que foi um dos preletores do 14º Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono. O pastor ugandense compartilhou com os congressistas aquilo que Deus tem feito em Uganda e todos puderam conhecer um pouco da cultura de Uganda por meio do pastor. Deus tem operado maravilhas no país, desde o avivamento que alavancou a Igreja na década de 1980.

Geograficamente, a República da Uganda está localizada na região dos Grandes Lagos africanos, e abriga savanas que cobrem a maior parte do território. O café é o produto de maior exportação, apesar de ter sofrido com os conflitos políticos internos que começaram na década de 1970. Mas o país tem superado os estragos nos últimos anos, empregando cerca de 80% da população na agricultura.

Durante muitos governos repressores, o Cristianismo foi perseguido na sociedade ugandense. Mas atualmente há liberdade para o crescimento que o país vive de movimentos de oração, de igrejas evangélicas e uma renovação na Igreja Católica. Segundo o livro Intercessão Mundial, essa realidade torna a Uganda uma das nações mais influenciadas pelo Cristianismo no mundo, com a frequente atuação da Igreja na sociedade – principalmente, na liderança de orações públicas em edifícios do governo e no setor judiciário do país.

O fervor espiritual tem expandido pela nação, com milhares de igrejas nascendo em casas e lojas. Em Kampala, capital da Uganda, os índices de criminalidade caíram e estima-se que mais da metade da população frequenta cultos e reuniões evangélicas e cerca de 40% da população é protestante. Já no âmbito político, sob a presidência do general Yoweri Kaguta Museveni, o país luta contra a corrupção e trabalha duro para se recuperar da devastação que os golpes políticos do presidente Milton Obote e do general Idi Amin provocaram. Museveni está no poder desde 1986, quando o grupo guerrilheiro que liderava tomou o governo, mas somente dez anos depois, quando foi criada a nova Constituição, o general foi eleito presidente. Desde então, a economia passou a crescer e os níveis de pobreza caíram.

A batalha “pesada” contra a AIDS tem surtido efeitos positivos. Os casos reduziram de 25% em 1992 para menos de 10% em 2001. O governo e as igrejas trabalham bravamente com uma política de abstinência sexual (sexo somente depois do casamento) e fidelidade conjugal, incentivando também o uso do preservativo. Infelizmente, a AIDS fez mais de um milhão de vítimas, e aproximadamente o mesmo número de crianças se tornaram órfãs. Além disso, ainda é tempo de lutar e orar, pois, estima-se que 250 ugandenses são infectados pelo vírus da AIDS todos os dias.

 Desafios de Oração

  • Abençoe a igreja Ugandense e seus líderes;
  • Profetize a salvação de toda a nação;
  •  Clame pelos milhares de órfãos para que conheçam a paternidade de Deus;
  •  Ore pela cura das pessoas infectadas pela AIDS;
  • Repreenda o espírito de morte, infidelidade e prostituição das famílias;
  • Clame pela paz e fim de conflitos político-sociais

:: Stephanie Zanandrais

Fonte: Intercessão Mundial