Nenhum Comentário

Por que ter medo?

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

“Então o rei Dario escreveu aos homens de todas as nações, povos e línguas de toda a terra: ‘Paz e prosperidade! Estou editando um decreto para que nos domínios do império os homens temam e reverenciem o Deus de Daniel. Pois Ele é o Deus vivo e permanece para sempre; o Seu Reino não será destruído, o Seu domínio jamais acabará. Ele livra e salva; faz sinais e maravilhas nos céus e na terra. Ele livrou Daniel do poder dos leões'”. (Daniel 6.25-27)

Nós não temos um deus que tem olhos, mas não vê; que tem boca, mas não fala; que tem ouvidos, mas não ouve; que tem braços, mas não abraça. Nosso Deus é um Deus de relacionamento, que Se faz presente na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Independentemente das circunstâncias, se favoráveis ou não, podemos depositar a nossa confiança em um Deus fiel, que nos livra do mal, que nos ensina o caminho certo a seguir, que nos orienta rumo à santidade por meio do Espírito Santo, que cuida de detalhes da nossa vida.

Temos um Deus que nos surpreende, mesmo quando tudo parece ter acabado, quando para nós não há mais saída, quando nossa esperança está abalada. Esse é o Deus do qual o rei Dario falou. O Deus vivo, que permanece para sempre. O Deus que reduz a nada todo o poder das mais grandes feras.

Não tenhamos medo, porque, “se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8.31b)

:: Dayane Nascimento [@dayanecristina]