1 Comentário

Providência Divina

criançasLi em um livro que dizia que, quando Deus quer fazer algo extraordinário, Ele pensa: “Vou usar as crianças”. A Bíblia notifica essa verdade na vida de Samuel, Davi e tantos outros. Estabeleci como um alvo para a minha célula infantil realizar um evangelismo com o Livro Sem Palavras. Juntaram-se a mim nesse propósito, a líder da célula infantil do Bairro da Graça, Meirivane e algumas células de adultos.

Marcamos o evangelismo para o final do mês de maio num Parque no Bairro Silveira. Ensaiamos uma apresentação das crianças cantando uma singela música e um teatro com fantoches nas cores do Livro Sem Palavras. Os adultos foram responsáveis em providenciar os folhetos e os convites com os endereços das células envolvidas.

Ao chegarmos ao parque, este estava lindo! Havia famílias fazendo piquenique debaixo de árvores enfeitadas com balões coloridos e muitos cartazes declarando o amor das crianças pelos seus pais.

Os nossos olhos brilharam diante daquela cena, não sabíamos, mas uma escola da região estava celebrando com os alunos e pais o “Dia da Família”. Cremos que foi uma providência divina, pois conseguimos com a direção da escola uma participação no evento deles.

O resultado desse evangelismo foi impactante. Mais de 40 crianças juntamente com seus pais ouviram a Palavra de Deus e aceitarem a Jesus como Salvador. Pegamos vários contatos de pessoas interessadas em participar das nossas células. Saímos daquele lugar radiantes e agradecidos por ser parte viva e ativa do Corpo de Cristo.

Gostaria de incentivar todos os líderes de células infantis a investirem em seu pequeno rebanho. Talvez você não tenha os recursos, mas saiba que Deus providenciará tudo, Ele deseja contar com a sua disposição para desafiar as crianças a serem testemunhas de Seus milagres. Deus deseja usar sua célula, não deixe de se esforçar para cumprir os seus alvos, por mais simples que possam parecer; a vontade de Jesus é que sua célula frutifique e manifeste a Sua glória.

Fotos: Arquivo do Ministério