Nenhum Comentário

Quem Vai Segurar a Corda?

Quem Vai Segurar a Corda?

“Orai por nós, pois estamos persuadidos de termos boa consciência, desejando em todas as coisas viver condignamente” Hb 13:18.

Ao pé de uma montanha, de onde caia um rio turbulento.
Uma tarde surgiu um alvoroço:
Socorro! Menino no rio! Socorro! Depressa!
Muitas mães, correndo à cena com o coração batendo de medo, pensaram: “Será meu filho?”
Um rapaz, o melhor nadador do povoado, passou uma corda ao redor da cintura, segurando-o com um nó. Jogando a outra extremidade em direção à multidão, gritou: “Vou buscá-lo. Segurem a corda!”
Mergulhando nas águas furiosas, nadou em direção à criança, que já desaparecia levada pela forte corrente. Da ponte, o povo observava, apavorado. Quando afinal o jovem conseguiu pegar a criança nos braços, houve um coro de vivas: “Graças a Deus! Estão salvos!”
“Puxem a corda! – o herói gritou, exausto!”
Para o horror de todos foi verificado que ninguém havia se lembrado de segurar a corda! Cada um pensou que o outro segurava.
Como resultado, dois jovens pereceram.

Quem vai segurar a corda?
Na consulta realizada na Venezuela no mês de Julho/2000 por Comibam, se verificou que neste país não existe mais que 3% de Evangélicos; estamos percentualmente atrás de mórmons e testemunhas de Jeová. Alguns missionários têm-se lançado completamente nesta obra de evangelização, e há muito trabalho a ser realizado. Mas…quem vai segurar a corda?

Quem vai segurar a corda da oração?
A evangelização é uma constante batalha, pois o nosso inimigo sabe o valor da alma de uma pessoa.

Quem vai segurar a corda da contribuição?
Os missionários que estão no campo, necessitam mensalmente levantar o seu sustento para que tenham todas as condições de continuarem realizando suas tarefas.

Princípios importantes para levantamento do sustento:

– Deus sempre suprirá as necessidades financeiras de um obreiro que trabalha de acordo com sua vontade. O supremo propósito de Deus é a evangelização do mundo; Ele abençoará uma obra que se propõe a alcançar as pessoas, suprindo suas necessidades.
Petição – Deus sempre responderá as orações feitas com fé e de acordo com Sua vontade, para que os missionários tenham as suas necessidades supridas, bem como as da obra.
Informação – Deus falara aos corações de seus filhos sobre as necessidades que existem, mas Ele fala também, quando as necessidades são apresentadas e mencionadas de uma maneira digna.
Responsabilidade – Deus abençoará uma obra que use as ofertas de forma correta, conforme o propósito para o qual foram designadas.

Por isso amados colaboradores: Segurem a corda!

Pr. Humberto e Brandali – Venezuela
APMT/IPB