1 Comentário

Se os amigos não ajudam

“Eu amo a humanidade. São as pessoas que eu não suporto”. Você compartilha desse pensamento do Linus (personagem dos quadrinhos do Snoopy)? As pessoas nos desapontam. Muitas vezes, não recebemos aquilo que esperávamos. Paulo passou por essa experiência. Durante seu ministério, Paulo levou Demas a Cristo.

O entusiástico Demas se dispôs a participar do time missionário de Paulo. Quando Paulo foi para a prisão pela primeira vez, Demas estava entre seus colegas em Roma. (Colossensses 4:14; Filemon 24). Mas agora Paulo está na prisão novamente e Demas não está lá.

Ao escrever para seu discípulo e bom amigo Timóteo, Paulo expressa seu sentimento de traição: “Demas, amando este mundo, abandonou-me e foi para Tessalônica”. E Demas não apenas traiu seu compromisso. Paulo continua: “na minha primeira defesa, ninguém apareceu para me apoiar…” A decepção é uma realidade cruel. Mas Paulo diz que existe Alguém com o qual podemos contar: “O Senhor permaneceu ao meu lado e me deu forças”. Durante o julgamento de Paulo, havia um Amigo com ele no tribunal: Jesus Cristo. Podemos confiar nele, pois nunca nos desaponta (Salmo 22:5).

Pense:
A decepção é uma das realidades cruéis da vida. Mas, há outra realidade: “O Senhor permaneceu ao meu lado.”

Ore:
Senhor Jesus, ajuda-nos a compreender e perdoar as falhas dos outros. Por favor, assegura-nos de que na nossa necessidade tu és nosso amigo que nunca nos desapontará. Amém.

Cada Dia
www.cadadia.com.br