Nenhum Comentário

Todo pastor deve ter amor pela Palavra de Deus

Pr. Márcio Valadão ensinando a Palavra de Deus para as ovelhas de Jesus [Foto: Comunicação Lagoinha]

Pr. Márcio Valadão ensinando a Palavra de Deus para as ovelhas de Jesus [Foto: Comunicação Lagoinha]

“Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade” (2 Timóteo 2.15).

Hoje (24), a Lagoinha comemora o aniversário nosso amado e querido pastor Márcio Valadão. Como uma forma de honrar a sua vida, o Lagoinha.com preparou com muito carinho esse artigo. Ficamos felizes por termos um líder que nos inspira a amar a Palavra de Deus.

A Palavra de Deus diz que todo obreiro deve ter conhecimento aprofundado das Escrituras Sagradas, interpretando corretamente cada passagem bíblica. Não podemos adequar a Bíblia às nossas experiências, mas, sim, submeter os pensamentos, ideias e aprendizados ao conhecimento da verdade. A Palavra de Deus é absoluta e não relativa. Aquilo que é relativo depende da afirmação do outro e “não se subordina a um princípio absoluto”¹. Mas a Palavra é integral, plena, perfeita e completa, e suas afirmações são incontestáveis porque vieram do Criador de todas as coisas. “Pois a Palavra do Senhor é verdadeira; Ele é fiel em tudo o que faz” (Salmos 33.4).

Essa Palavra deve abundar em nossas vidas, como está escrito em Colossenses 3.16a: “Habite ricamente em vocês a Palavra de Cristo”. Devemos amá-la, estudá-la e meditar nos textos das Escrituras diariamente (Salmos 1.2). Nossa satisfação tem que estar na Palavra Senhor e precisamos trazê-la à memória a todo tempo. Devemos amar os ensinos do Senhor e amar mais a Sua verdade do que as riquezas da vida e do que o nosso alimento diário. Como disse Jó: “Não me afastei dos mandamentos dos seus lábios; dei mais valor às palavras de Sua boca, do que ao meu pão de cada dia” (Jó 23.12). A verdade deve encher os corações dos líderes para que assim possa ser transmitida fielmente às ovelhas que Deus designou a estarem no rebanho do pastor.

Esses líderes fiéis que pregam e ensinam com dedicação as Escrituras devem ser honrados e lembrados. Eles precisam estar na memória da Igreja de Cristo a fim de que sua fé seja imitada. “Lembrem-se dos seus líderes, que transmitiram a Palavra de Deus a vocês. Observem bem o resultado da vida que tiveram e imitem a sua fé” (Hebreus 13.7). São cristãos com bom testemunho aqueles que andam como Cristo andou, afirmando assim que obedecem aos Seus mandamentos. “Aquele que afirma que permanece Nele, deve andar como Ele andou” (1 João 2.6). Seus passos de caminhada de fé devem ser observados, pois o resultado é a coroa da vida.

Seus passos são imitados, mas suas vidas nunca devem ser idolatradas. Nossos líderes devem ser honrados com muito amor e carinho e amados pelas ovelhas por causa do seu trabalho árduo de dedicação à obra de Deus. Eles perdem sono, reuniões de família, tempo com amigos e emprego, seguindo as palavras do próprio Cristo: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mateus 16:.24). Esses são aqueles que renunciam os seus planos e sonhos para viverem por Jesus e guiarem as ovelhas do nosso Senhor ao caminho da salvação, como o nosso pa(i)stor Márcio tem feito na Lagoinha ao longo desses 45 anos à frente da igreja. Por isso, como diz em 1 Tessalonicenses 5.13a, ministros assim devem ser tratados por nós “na mais alta estima, com amor, por causa do trabalho deles”.

:: Raquel Carsi

¹Michaelis, Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa