Nenhum Comentário

“Gerra”

A mais rápida guerra registrada na história ocorreu em 27 de agosto de 1896, entre a Gran-Bretanha e Zanzibar e durou apenas 38 minutos.
Muitas outras guerras têm acontecido, algumas muito longas, mas há uma que pode durar toda nossa vida. É a constante batalha entre nós e o Senhor. Em nosso coração, desejamos servir e agradar a Deus, mas há algo que nos impede e que luta contra isto. Qundo nos voltamos para o Deus que habita em nosso coração, almejamos ser fiéis e submissos a Ele todo tempo. Todavia, quando nos voltamos para alma, nossas próprias coisas parecem ser tão importantes, que nossa vontade se torna até mais forte que a do Senhor. Nesta hora é fácil trocar o Senhor por qualquer outra coisa.
Essa guerra tem a duração da vida da alma e de cada um de nós; é cheia de batalhas, ora com vitórias para o Senhor, ora com vitórias para nós. É lógico que queremos vencer. Porém nesta guerra só vence quem é derrotado pelo Senhor. Por isto precisamos prosseguir, almejando ser derrotados por Ele; dejando que nossa vontade, nossa opnião e nosso querer sejam totalmente subjulgados por Deus. A cada manhã é preciso renovar nossa posição nesta batalha, assumindo que os derrotados devem ser nós, e que o único e absoluto vencedor é Deus.