Nenhum Comentário

Um ano mais feliz

Foto: unsplash.com

Foto: unsplash.com

“Lembrem das palavras do Senhor Jesus: ‘É mais feliz quem dá do que quem recebe’” (Atos 20.35).

Estas palavras ditas pelo apóstolo Paulo não são encontradas nos textos dos evangelistas. Ou poderiam ser palavras atribuídas a Jesus pelos relatos verbais de pessoas que O conheciam pessoalmente, ou Paulo as ouviu diretamente da boca do Mestre. O que importa, afinal, é que Jesus faz uma poderosa síntese de um ensino para todo aquele que deseja ser feliz, ou bem-aventurado. Mas por que é mais feliz quem dá? Por que é melhor do que receber?

Feliz é quem dá

Em primeiro lugar, é mais feliz quem dá porque dá somente quem tem. Não é possível dar o que não tem. Quando um avião está em perigo e as máscaras de oxigênio caem, somente pode ajudar o outro aquele que está respirando. Quando há fome, somente poderá compartilhar aquele que tem comida na mesa. Quando há enfermidade, somente poderá cuidar aquele que tem saúde. Quando há tristeza, somente poderá haver consolo aquele que está em paz. Quando há ignorância, somente poderá compartilhar aquele que tem sabedoria.

Infeliz quem tem e não dá

Em segundo lugar, torna-se infeliz quem tem e não dá. As águas do Mar Morto não têm saída. Por essa razão, devido à elevada temperatura, elas evaporam, deixando uma grande concentração de sal depositada. Sua salinidade é a mais elevada da terra, sendo dez vezes superior aos demais oceanos. Qualquer peixe que seja transportado pelo rio Jordão morre imediatamente, assim que deságua nesse lago de água salgada. Moral: quando não há saída, a vida não se sustenta.

Recebe mais quem é feliz porque dá

Por último, é mais feliz quem dá porque habilita-se a receber mais. Quem dá torna-se confiável para receber mais: “Do seu interior fluirão rios de água viva” (João 7.38). Isso mesmo, fluirão, e não ficarão parados, rios e não um “mar morto”. Esse é o princípio do Reino de Deus ensinado por Jesus: “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão” (Lucas 6.38). Em outra tradução: “Deem aos outros, e Deus dará a vocês. Ele será generoso, e as bênçãos que Ele lhes dará serão tantas, que vocês não poderão segurá-las nas suas mãos” (NTLH). Por isso, para um ano mais feliz, precisamos aprender esse princípio do Reino de Deus. É preciso saber dar. Dar de maneira que a pessoa que recebe não se sinta ferida na sua dignidade. Dar sem cobrar algo em troca. Dar da despensa e não do lixo. Dar do tempo, dar um ombro amigo, dar as mãos para sustentar, dar dos recursos que temos. Ore, peça a Deus para que você tenha esse coração generoso e viva mais contente neste ano!

:: Rodolfo Garcia Montosa