Nenhum Comentário

Uma Igreja sem paredes

[Foto: Arquivo de Ministério]

[Foto: Arquivo de Ministério]

Quero compartilhar meu coração com vocês sobre algo que o Senhor tem tratado comigo por algum tempo. Eu acredito que é do coração do Pai que as igrejas nasçam com autoridade sobrenatural e criatividade para governar as cidades. Estamos falando de uma igreja que tem a habilidade de influenciar a cidade ao redor dela de maneira que mude radicalmente todas as facetas da cidade. Quero falar com vocês sobre uma igreja que governa. ​

Hoje, quero compartilhar com vocês algumas características de uma igreja governante, vamos ver:

A. Ela se move e cresce no espírito para destruir os poderes do inferno.

Uma igreja governante é uma igreja que se levanta no mundo espiritual e desmantela os poderes do inferno naquela região e se posiciona para dominar e reinar. Ela se levanta na unção e autoridade reais para executar o domínio e juízo do Reino nos poderes do ar.

B. Se posiciona a ser uma igreja forte e influente.

Uma igreja governante se reposiciona espiritualmente para se tornar mais forte que a força do principado da cidade. Ela invade a casa das forças demoníacas e ultrapassa as atividades do inimigo. Ela exerce uma nova posição espiritual enquanto “território espiritual” naquela região.

C. Exerce controle territorial na região.

A igreja governante exerce esse controle e influência espirituais naquela região e se torna um “portal” ou ponto de entrada para Deus e anfitrião celestial para alcançar aquela cidade e região. As chaves do Reino para ligar e desligar são dadas a essa igreja. Ela mantém os céus aberto e o inferno trancado naquela localidade.

D. Toma a responsabilidade de manter o clima espiritual saudável.

A igreja governante deve tomar para si a responsabilidade de manter o clima espiritual saudável naquela região, para que Deus possa agir. Ela é responsável por manter os céus abertos naquela região resgatada. Ela aprendeu a se tornar uma “construtora no mundo espiritual” criando uma habitação santa para Deus no campo espiritual daquela região. Ela traz não somente a onipresença de Deus, mas a Sua presença manifesta naquele lugar.

E. Não é medida por valores numéricos.

Igrejas governantes não são medidas por valores numéricos, mas por sua posição espiritual, força sobrenatural e poder investido nelas. Elas se tornam a maior demonstração do Reino de Deus naquela região.

F. Ela carrega o evangelho puro da mensagem do Reino.

Igrejas governantes carregam uma mensagem clara do evangelho do Reino, o que cria uma agitação no coração daqueles que acreditam, levantando-os para se tornarem homens e mulheres fortes e com firmes convicções. Esses homens de convicções profundas e paixão disseminam aquilo que há no seu espírito na vida de outras pessoas. Através de relacionamentos e alianças significativos, eles levantarão um exército ou descendência de filhos e filhas que buscarão a visão profética e o chamado de seus antepassados. O ciclo de restauração, reforma e avivamento acontece quando a igreja se agita com essa revelação dos propósitos de Deus em sua vida.

G. Reforma a natureza da sociedade.

A igreja governante se torna a ferramenta de Deus para reformar a natureza e os alicerces da sociedade em que vive. Ela está se levantando no conhecimento do Filho, o qual Ele conquistou através de Seu relacionamento com o Pai.

O Pai mostrou ao Filho tudo o que Ele havia dito e feito. A igreja está indo para essa dimensão. Os membros estão indo de santos a filhos. Os filhos estão sendo trazidos para tomar sua parte na herança e não apenas suas bênçãos. Uma grande esperança repousa sobre a igreja hoje. Sua beleza e maturidade podem materializar em plenitude, se a construirmos para o destino que Deus tem para ela.

:: Pr. Ryan Adams