Nenhum Comentário

Viva o que Deus tem para você

Devocional“Se o faço de livre vontade, tenho galardão; mas, se constrangido, é, então, a responsabilidade de despenseiro que me está confiada” (1 Coríntios 9.17).

O investimento que DEUS fez na vida de Sansão foi extraordinário. Tanto poder, tanta força, tanta unção, tanta grandeza. Algo tão extraordinário, que até hoje chama muito a atenção. O ESPÍRITO SANTO vinha sobre ele e o levava a defender o Seu povo, de modo que grandes e impactantes coisas eram realizadas. Mas o comportamento de Sansão não demonstra um comprometimento com a causa de DEUS. Não demonstra interesse, boa vontade, paixão, aquele querer fazer, e fazer com prazer. Eu vejo que Sansão, mesmo sendo alguém extraordinário, viveu uma vida muito inferior, aquém do que é bom, e posso dizer que, até mesmo, uma vida miseravelmente infeliz. O que percebo com ele? Fazia o que tinha que fazer porque era pressionado a fazer. Cumpriu (parcialmente) sua missão porque as circunstâncias o forçaram a fazer algo. Manifestou o investimento de DEUS nele quando não havia saída pelos recursos humanos.

Em outras palavras, não teve prazer em ser tudo aquilo que DEUS o preparou para ser. Resultado: morreu tragicamente, sem ter experimentado a recompensa por viver o que agrada a DEUS. Eu não posso ser assim! Preciso me acertar para não errar. Eu preciso viver o que DEUS tem para mim com prazer! A história que DEUS tem para mim eu preciso vivê-la com prazer e querendo vivê-la. O meu querer precisa estar em sintonia perfeita com o meu obedecer. O prazer de fazer tem que tomar o meu ser e me levar a fazer toda a vontade de DEUS! O SENHOR me chamou para ser um “realizador”, e um realizador de coisas que têm valores eternos. Portanto eu preciso realizar querendo, gostando, com prazer e, assim, colocando um sorriso no rosto do meu Pai celestial e, também, não ficando de fora das recompensas.

:: CHRISTIAN CLAYTON