Nosso costume “evangeliquês” é sempre contar e valorizar as chamadas “grandes bênçãos”: a aprovação no vestibular, a compra de um carro, a promoção no emprego, um casamento, um livramento de morte… Enfim, coisas que aos olhos humanos são “grandes” e que ressaltamos a importância delas por dizermos que nelas vimos o “agir de Deus”. Porém, muitas vezes não abrimos os nossos olhos para contemplar o agir de Deus nas mínimas coisas do nosso dia:

Já parou pra pensar que acordar e respirar são o agir de Deus?

Que um bate papo com um amigo é o agir de Deus?

Que sentar numa praça e tomar um picolé são o agir de Deus?

Que um abraço, um aperto de mão e um sorriso de um irmão são o agir de Deus?

Que ler as linhas desse texto é o agir de Deus?

Ver o Senhor nas mínimas e corriqueiras coisas do dia a dia é ter um coração agradecido simplesmente pelo que Ele é, e não apenas pelo que Ele pode fazer. É poder viver uma vida “sem sustos”, pois aconteça o que acontecer, temos a certeza de que Ele tem o controle de todas as coisas!

Tente contemplar o Senhor em todos os momentos de sua vida; em qualquer situação, em qualquer momento, em qualquer trilha. Fazendo assim acontecerá o que disse Salomão no livro de Provérbios 3:

“Reconheça – veja, o Senhor em todos os seus caminhos e Ele endireitará as suas veredas.” (Pv 3.6)

Deus te abençoe,

::Renata Lima

Pedagoga, líder do ministério de louvor e coreografia da PIBE em Pirajá – Salvador, BA.

Renatalima5@bol.com.br / www.oirena.wordpress.com

Colaboradora do portal Lagoinha.com