O Abrigo Pró-criança foi criado para abrigar crianças em situação de risco como medida protetiva, enquanto elas são preparadas para o retorno à família de origem ou à uma família substituta, por meio da guarda provisória/adoção.

As crianças são encaminhadas pelo Juizado Especial da Vara da Infância e Juventude, pelo Ministério Público e pelos Conselhos Tutelares sempre que seus direitos são ameaçados ou violados conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente. O objetivo do Abrigo é prestar acolhimento em tempo integral, no sistema de Unidade de Acolhimento Institucional, como medida provisória e excepcional à crianças na faixa etária de 0 a 6 anos de idade. Crianças em situação de risco pessoal e social são acolhidas, o que contribui para o desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social. O Abrigo oferece alimentação, cuidados de higiene e saúde, atividades lúdicas, culturais, recreativas e pedagógicas, atividades que favorecem a reinserção na família de origem ou substituta.

A casa onde funciona o Abrigo possui dois pavimentos e tem capacidade para acolher até 15 crianças, número estabelecido legalmente. A parte superior é composta por 5 quartos, 2 banheiros adaptados para criança, 1 sala, 1 refeitório, 1 cozinha, 1 lactário, alpendre e pátio para lazer. Já na parte inferior, há despensa, videoteca, brinquedoteca, área de serviço, escritório e dois banheiros . A casa possui todo mobiliário necessário ao atendimento às crianças: berços, camas, guarda-roupas, cômodas, cercadinho, mesas, cadeiras, TVs, CDs, aparelho de som, rádio, sofás, máquina de lavar e de secar roupas, tanquinho, geladeira, freezer, armário de aço, fogão industrial, arquivos, computador, impressora e mesa de escritório com cadeiras.

Atividades externas também são oferecidas às crianças que vivem no Abrigo, como passeios aos parques, shoppings, circos, cinemas, sítios, pizzaria, participação em aniversários, frequencia aos cultos infantis da Igreja Batista da Lagoinha e outros. As crianças em idade escolar frequentam as aulas em escolas públicas circunvizinhas ao Abrigo, e as crianças menores são matriculadas na Creche Oásis, também nas proximidades. Como são crianças pequenas, fazem controle médico e de vacinas regularmente no Centro de Saúde e quando adoecem são internadas em hospitais da rede pública. Somente as crianças com permissão judicial recebem visitas de familiares. As famílias, por sua vez, são visitadas pelas técnicas (Psicóloga e Assistente Social) para estudo dos casos que são levados à Vara da Infância e da Juventude para decisão judicial quanto à adoção, ou retorno à família de origem.

Para atender as demandas das crianças, o Abrigo mantém uma equipe de profissionais composta de: 8 educadoras, 1 educadora auxiliar, 1 coordenadora administrativa, 1 técnica/assistente social, 1 técnica psicóloga, 2 auxiliares de serviços gerais e 2 cozinheiras.

Centenas de crianças já puderam ser cuidadas pelo Abrigo e o resultado são crianças protegidas e resgatadas com relação ao direito à convivência familiar, seja ela por meio da adoção ou retorno à família de origem.

IMG_1697menor

Informações do Ministério Abrigo Pró-criança:

Endereço: Rua Beberibe, nº 253 – São Cristóvão / Belo Horizonte/MG.

Telefone(s): (31) 3422-9058- Eujácia.

E-mail(s): administrativo@funacaooasis.org