Created with Snap

Notícias

A importância da gratidão no Ano da Multiplicação

Nenhum Comentário

Estudo de GCTexto Base: Salmo 103.1-5

Exposição do texto: O salmista Davi encoraja-se a si mesmo de forma entusiástica a expressar gratidão a Deus por cinco bênçãos. O primeiro lugar é dado à solução do seu maior problema, o pecado. O contexto reflete o elo frequente do AT entre pecado e a doença. Evidentemente o autor se recuperou de uma doença séria e da morte prematura. Ele transforma seu alívio em louvor.

Objetivo: Estamos vivendo um tempo único em nossa igreja e em nossos GCs. Esperamos uma grande multiplicação este ano e queremos desde já expressar toda a nossa gratidão pelo ano incrível que estamos vivendo.

Contexto: A gratidão é uma “emoção” que envolve um sentimento de dívida emotiva em direção à outra pessoa; frequentemente acompanhado por um desejo de agradecê-la ou responder com igualdade a um favor que fizeram por você.

1 – A GRATIDÃO ALEGRA O CORAÇÃO DO PAI

1 Tessalonicenses 5.18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”.

A vontade de Deus é que, em meio a todas as circunstâncias, demos graças. As ações de graças talvez sejam o tipo de oração mais negligenciado pelos crentes.

Possivelmente, muitos pensam que elas não são orações poderosas para mudar as circunstâncias da vida ou para tocar o coração de Deus, mas esse é um tremendo equívoco.

2 – A GRATIDÃO TEM O PODER DE TRAZER O CONTENTAMENTO

Filipenses 4.11: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação”.

Você jamais verá uma pessoa contente murmurando ou um descontente agradecendo. Se não há contentamento pelo que Deus tem dado, Ele não pode multiplicar. Seria incoerente com a natureza de Deus Ele continuar nos dando algo que não desejamos receber ou pelo que não somos gratos.

O descontente deprecia as bênçãos dos céus. Mas o contentamento, que vem pela gratidão, dá ao Senhor ocasião para nos dar porção ainda maior. A gratidão tem o poder da multiplicação.

3 – A GRATIDÃO TEM O PODER DE TRAZER VIDA AONDE EXISTE MORTE

João 11.4-43: “Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças Te dou porque me ouviste. Aliás, Eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que Tu me enviaste. E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!”.

Na ressurreição de Lázaro Jesus fez o mesmo que na multiplicação dos pães. Ele apenas agradeceu a Deus e depois chamou a Lázaro da morte para a vida. Primeiro Jesus agradeceu, depois o chamou para fora.

Eu creio que Ele fez ações de graças para nos ensinar que ações de graças dão sabor a uma vida morta. A gratidão coloca vida em nossas vidas.

Por que Deus Se interessa tanto pela nossa gratidão?

Porque ações de graças mudam a nossa atitude diante da vida. Ações de graças produzem contentamento. A vontade de Deus é que tenhamos um coração grato que produza contentamento.

Conclusão

João 6.11: “Então, Jesus tomou os pães e, tendo dado graças, distribuiu-os entre eles; e também igualmente os peixes, quanto queriam”.

Jesus não perguntou a Deus se seria complicado demais pra Ele fazer os pães aparecerem. Jesus não questionou a Deus se Ele conseguiria dar uma força ali naquela situação. Jesus simplesmente olhou para o céu e disse: OBRIGADO.

Humanamente falando, JESUS sabia que não tinha o suficiente para alimentar aquela multidão; 5 pães e 2 peixes não seriam suficientes para alimentar o povo. Mas Ele foi grato pelo que tinha, por aquilo que o Pai fez chegar às Suas mãos. Se não há gratidão pelo que Deus tem dado, dificilmente viveremos a multiplicação. Nós nunca estaremos prontos para desfrutar de MILAGRES inéditos se não formos gratos pelo que temos na mão agora. A provisão sobrenatural e os milagres são gerados quando existe uma atmosfera de gratidão.

Você está pronto para mudar o seu ambiente manifestando o sobrenatural de Deus através da sua gratidão?