Created with Snap

Notícias

A virtude da perseverança

Nenhum Comentário

Estudo de CélulaTexto base: 1 Samuel 12.24-25

Perseverar é prosseguir ou permanecer, apesar das dificuldades. É manter-se firme na busca de um objetivo, não se deixando vencer pela oposição ou pelo desânimo. Entretanto precisamos saber em quê estamos perseverando. Qual é o nosso objetivo? Há quem persevere em propósitos maus. O melhor nome para essa atitude é teimosia. Como disse Paulo: “Permaneceremos no pecado para que a graça abunde? De modo nenhum” (Rm 6.1). É melhor ouvir o conselho do que sofrer as consequências.

Quando a Bíblia nos ensina e recomenda a perseverança, ela não está aprovando a persistência em qualquer coisa, mas naquilo que agrada a Deus. Ele nos manda perseverar, permanecer firmes:

1. No nosso compromisso com Jesus. Sejamos inseparáveis Dele, como está escrito:

“Eu sou a videira, vós as varas; quem permanece em mim, e Eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João 15.5).

“Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados” (Fp 4.1).

2. Na fé:

“Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos” (1Co 16.13).

“Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé” (1Pd 5.8-9).

3. Na igreja:

“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia” (Hb 10.25).

4. No casamento:

“Todavia, aos casados mando, não eu, mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido” (1Co 7.10).

“Pois eu abomino o divórcio, diz o Senhor Deus de Israel” (Ml 2.16).

5. Na obra do Senhor:

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor” (1Co 15.58).

6. Na palavra, na comunhão, no partir do pão e nas orações:

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações” (At 2.42).

A perseverança não pode ser parcial. Por mais difícil que tenha sido a caminhada, ela não será útil, se desistirmos na metade. Como está escrito: “Aquele que perseverar até o fim será salvo” (Mt 24.13).

:: Pr. Anísio Renato de Andrade