Created with Snap

Notícias

Como está o seu coração?

Nenhum Comentário
Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Em Provérbios 4.23 está escrito que é do coração que procedem as fontes da vida. A Bíblia refere-se ao coração de forma muito clara, mostrando-o como o centro, o âmago do nosso ser, como o “reservatório” de tudo que somos. Em Lucas 6.45 está escrito: “O homem bom, do bom tesouro do coração, tira o bem, e o mau, do mau tesouro, tira o mal; porque a boca fala do que está cheio o coração.” O nosso coração é a fonte na qual tiramos o bem ou o mal.

Em Jeremias 17.9 lemos: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Quantas vezes o coração engana a você mesmo? É por isso que as Escrituras dizem: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Pv 4.23). É como se o coração pudesse abarcar tudo, a totalidade do nosso intelecto e da nossa vontade.

Podemos conhecer o coração como o centro do nosso ser, porque com nosso coração oramos, meditamos, guardarmos a Palavra de Deus. Muitos maquinam o mal no coração, guardam as palavras de sabedoria no coração, “pensam” pelo coração, duvidam no coração, consideram as coisas no coração, creem com o coração.

Queremos enfocar o coração como o âmago do indivíduo, porque ele envolve emoções, intelecto e vontade. Mas quem pode conhecer o coração? Deus é que sonda e conhece os corações (Provérbio 21.2; Romanos 8.27).

Há um versículo que diz: “O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate” (Provérbios 15.13). Isso quer dizer que a beleza não está só do lado de fora, que ela não aparece só com cuidados e maquiagem, mas, como a Bíblia diz, com a alegria do coração. É interessante que podemos perceber o coração de uma pessoa pelo seu semblante.

O coração é a sede das nossas emoções. O cristão não é um bobo que vive rindo à toa, mas existe uma alegria diferente, e essa alegria é denominada paz, de acordo com a Bíblia. O coração passa a ser, por meio da graça do Senhor, encharcado de paz.

Amado leitor, a Bíblia diz que o coração do homem adoeceu desde que ele pecou no Jardim do Éden. Esse adoecer pode ser comparado a uma enfermidade física que ataca o coração humano, e em alguns casos o médico diz que a única solução será um transplante. Digamos que a mensagem do Evangelho também funciona como um transplante. Deus é o Médico dos médicos, e Ele diz a você agora: “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne” (Ezequiel 36.26). Deixe-o “transplantar” um novo coração em você!

Deus abençoe!

:: Pr. Márcio Valadão