Created with Snap

Notícias

Deus tem saudade de você (parte 1)

2 Comentários
Em minha opinião, a Língua Portuguesa é a língua mais bela do planeta. Para muitos, ela é difícil, principalmente no que tange à gramática. É verdade que há certa dificuldade, principalmente porque é muito rica em seu dialeto. Certa vez, foi realizada uma pesquisa para descobrir, na Língua Portuguesa, uma das palavras mais bonitas e diferentes das outras, que expressasse um sentimento em uma única palavra. A palavra encontrada foi “saudade”. Este sentimento em outras línguas é difícil de ser expresso em palavras. Porém, em todas as línguas, ele é sentido. Quando passamos a caminhar com o nosso Deus mais de perto, percebemos que Ele se identificou tanto conosco a ponto de também sentir saudade.
Em alguns textos da Bíblia, é possível encontrar o Senhor dizendo: “Eu me lembro”. “Eu tenho saudade”. Deus tem saudade do seu povo, Deus tem saudade da sua Igreja, que é a menina dos seus olhos. A Igreja é a Noiva do seu Filho, Jesus Cristo. Ela também é Templo do Espírito Santo. Esta Igreja sou eu e você. No capítulo 3, verso 17 do livro de Sofonias está escrito: “O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo”. Ou seja, ele se delicia em nós. Quando olho para os meus três netos, me regozijo neles. É lindo vê-los crescendo a cada dia, aprendendo, descobrindo as coisas da vida. Foi assim também com os meus três filhos. Como Pai, Deus também se delícia em nós. Muitos o veem apenas como o Criador, Todo Poderoso, insensível, mas Deus não é apenas aquele que cria e tem poder, e nada sente. Não! Ele tem sentimentos, sente saudades e alegria por cada um de seus filhos. O profeta Jeremias descreve essa realidade: “Vai e clama aos ouvidos de Jerusalém: Assim diz o Senhor: Lembro-me de ti, da tua afeição quando eras jovem, e do teu amor quando noiva, e de como me seguias no deserto, numa terra em que se não semeia”. (Jr 2.2.)
O Senhor tem saudade de um povo apaixonado por Ele porque o coração de Deus se move de amor por mim e por você. A saudade de Deus é grande por aquele tempo quando você tinha prazer de ler a sua Palavra.
Passava horas com a Bíblia, a levava para o trabalho, para a escola. A oração não era uma coisa formal, não era algo litúrgico, o seu coração estava tão aberto para Ele. Você tinha prazer nas coisas concernentes do Senhor. Ser convidado para a reunião de oração era como se tivesse recebido o convite para um banquete. Ir aos cultos, participar das reuniões enchia o seu coração de alegria. Cantava louvores a Ele, derramava todo o seu coração, a sua alma com intensidade, com todo o fervor do seu coração. Ele se lembra de quando o seu coração era totalmente dele e você descansava nele nas horas de aflição. Quando você rendia graças a Ele pela vitória. Querido, se você está longe dos caminhos do Senhor, agora é o tempo de você voltar, fazer tudo ainda melhor. Deus te abençoe!
:: Pastor Márcio Valadão.
Tags