Created with Snap

Notícias

O deleite de Deus

Nenhum Comentário
Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

A revelação de Deus como Pai é realmente maravilhosa, indizível. Sou pai de três filhos e recebi a bênção, por meio da vida deles, de ser avô de oito netos – o oitavo está a caminho. Muitos dizem que ser avô é se tornar pai pela segunda vez, mas sem as responsabilidades da paternidade, como a de educar os filhos, por exemplo. Por mais que eu tente, não conseguirei explicar o sentimento de ser pai e avô. Encontrar os netos e filhos, contemplá-los, vê-los crescendo, olhar para eles e identificar neles alguma semelhança com você é sensacional. E quando eles alegram o nosso coração de pai nos dizendo que nos ama? Ah, também não sei como explicar. Se eu, que sou tão cheio de defeitos, sinto tudo isso, tente imaginar como Deus Se sente quando O alegramos, quando, com a nossa vida, demonstramos que O amamos.

Fomos criados à imagem de Deus. O sentimento que tenho, Deus também tem. Se os meus netos e filhos podem me alegrar, podemos fazer o mesmo com Deus, porque Ele também tem sentimentos. Que alegria eu sinto quando ouço meus netos, meus filhos declarando o seu amor por mim. E eu sou infinitamente menor do que Deus.

Em 2 Crônicas 16.9, está escrito: “Porque, quanto ao Senhor, Seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-Se forte com aqueles cujo coração é totalmente Dele […]”.

Qual é a fonte de alegria para Deus? O que Ele procura? Deus procura por aqueles cujo coração é totalmente dEle – conforme acabamos de ver no texto de 2 Crônicas. Deus Se alegra com um coração que é totalmente entregue a Ele. Em Sofonias 3.17, está escrito: “O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; Ele Se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no Seu amor, regozijar-Se-á em ti com júbilo”. Quando gostamos muito de um determinado alimento, por exemplo, manga ou sorvete, ao comê-los nos lambuzamos, e isso porque nos deleitamos, saboreamos o alimento. Então, vamos dizer que deleite é ficar lambuzado, é saborear.

Deus não vai Se deleitar simplesmente com as estrelas, com as flores. Sim, as flores e estrelas foram feitas por Ele, porém Deus tem outro tipo de deleite: quando Ele olha para aquela pessoa que fez tantas coisas erradas, mas depois passou a viver aos pés de Jesus. Seja você também o deleite de Deus. Que o nosso trabalho seja alegrar o seu coração!

:: Pr. Márcio Valadão