Created with Snap

Notícias

Os mandamentos de Deus não são utópicos

Nenhum Comentário
Foto: Facebook Lagoinha

Foto: Facebook Lagoinha

A fé cristã não é uma religião, ela é dinâmica, e os princípios da Palavra não são sugestões, mas mandamentos. Tem pessoas que pensam que, se forem seguir os mandamentos de Deus, perderão o prazer da vida; pensam que não haverá mais sorrisos nem diversão. Porém os mandamentos de Deus, ao contrário do que essas pessoas pensam, são a proteção de Deus para conosco. À medida que você molda sua vida de acordo com os princípios da Palavra, você alcança um nível mais alto do que o dia anterior.

Cada dia é uma oportunidade nova para superar o dia de ontem. Deus faz novas todas as coisas, e a beleza da vida é esta: conhecê-Lo e fazê-Lo conhecido; fomos criados com esses propósitos. A fé cristã não é um conjunto de regras, ela é o próprio Jesus; é você decidir caminhar com Ele. Já a religião é o esforço do homem para ligar-se a Deus, mas esforço nenhum leva o homem a Deus, pois o próprio Deus veio ao homem por meio de Cristo.

O profeta Miqueias diz algo tão interessante no capítulo 6, versículo 8: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus?”. O Senhor nunca vai pedir algo que não conseguiremos colocar em prática, nunca nos pedirá algo que nos fará sentir envergonhados.

O que Deus nos pede são atitudes para nos relacionarmos bem uns com os outros. Quando leio esse texto, não o entendo como sugestão, mas como uma ordem para que sejamos praticantes da justiça, benignos e humildes.

Os mandamentos de Deus não são utópicos, eles são atingíveis. No momento em que você recebe Cristo como salvador, passa a ter uma vontade enorme de conhecer as Escrituras e, ao lê-la, você se identifica com ela.

Ao conhecer a Palavra, você passa a cumprir os mandamentos sem peso, com prazer, não por seu esforço, mas pela bondade de Deus. Você coloca em prática a justiça, pois toma conhecimento do que é certo e do que é errado. Praticar a justiça é você conhecer a verdade e render-se a ela diariamente, para que Cristo viva por meio de você.

A segunda ordenação de Deus nesse versículo é que ames a benignidade, ou seja, pratique a misericórdia. Isso é estender a mão, abraçar e tomar para si a a dor do outro. É quando você se torna um agente de misericórdia, não pelo seu esforço, mas pela rendição à vontade de Deus.

A outra ordem é para sermos humildes. Deus resiste aos soberbos, mas concede Sua graça aos humildes. A humildade de coração é algo que nos leva ao céu.

Viver a realidade do que Deus pede é a melhor escolha. Os mandamentos de Deus não farão de você uma pessoa mais triste, pelo contrário, você terá paz e plena alegria em saber que abriu as portas do seu coração para Cristo agir por meio da sua vida. Você pode experimentar o melhor de Deus a cada dia e viver em outra dimensão, basta conhecer essa verdade e colocá-la em prática.

:: Pr. Márcio Valadão