Created with Snap

Notícias

Estudo de GC: Quero ser como criança

Nenhum Comentário
Foto: pixabay.com

Foto: pixabay.com

Este mês de comemoração ao Dia das Crianças falaremos de um texto bíblico em que Jesus faz menção aos pequeninos e quero compartilhar com vocês esse tema tão especial.

Mateus 18.1: “Naquele momento os discípulos chegaram a Jesus e perguntaram: Quem é o maior no reino dos céus? Chamando uma criança, colocou-a no meio deles e disse: Eu lhes asseguro que a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no reino dos céus.  Portanto, quem se faz humilde como essa criança este é o maior no reino dos céus. Quem recebe uma dessas crianças em meu nome está me recebendo, mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crê em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar”.

Que texto forte! Só a leitura dele já traz tanto temor ao nosso coração. Tenho certeza que é algo que precisamos pensar sobre esse coração de criança. Ao instruir os discípulos, Jesus não estava com a multidão. Ele não estava com pessoas desconhecidas, mas sim com os discípulos.

A instrução de ter um coração como o de uma criança não é simplesmente para aqueles que não conhecem a Jesus. É para mim e para você, que talvez temos um título, um cargo dentro da igreja local ou exercemos algum tipo de liderança. Jesus está dizendo: “Olha, é possível você fazer algo para mim. É possível você exercer um cargo de liderança na igreja e ter perdido esse coração. Por isso, a pergunta que precisa nos nortear nessa lição de hoje é: O meu coração é inocente como o de uma criança? Ele é puro como o de uma criança? Ele é sincero com Deus como o de uma criança?

A criança não precisa de muito para anunciar Jesus, pois ela é sincera. A criança fala nos olhos. Ela fala o que tem que falar e é exatamente isso que Jesus está instruindo aos discípulos, a mim e a você, seguidores de Jesus, comprados na cruz do calvário. Escamas dos nossos olhos já caíram. Já somos discípulos, mas quando olhamos para o nosso coração, como tem sido as nossas ações?

No versículo 3, Ele diz: “Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no reino dos céus”. O texto de Mateus capítulo 18 traz também uma relação com João 3, quando Jesus diz assim: “É necessário nascer de novo. Quando você nasce de novo, nasce criança, nasce um bebê. Jesus diz: “Olha, se você não tiver o comportamento como o de uma criança de ser sincero comigo, de abrir seu coração para mim, de não ter medo de confessar suas mazelas, seus pecados não entrarão no reino dos céus”.

Vamos colocar nosso coração no Senhor e pedir a Ele para colocar o coração de uma criança em nós. Não é que voltaremos a ser uma criança. Não é que vamos deixar as nossas responsabilidades e viver de uma forma dependente como uma criança, mas é ter um coração dependente. Mesmo sendo um adulto, um jovem, um ancião ou um pai de família, todos devem ter um coração inocente e puro.

O texto também faz menção de uma criança, porque ela é dependente de seu pai. Toda criança depende do pai. Ela não pega uma enxada e vai trabalhar. Ela sabe que antes dela sair para a escola já vai ter o almoço, o café ou o pão na mesa. Ela não tem responsabilidades. Ela depende do pai e sabe que ele não vai desampará-la. Será que temos tido essa confiança em Deus? Será que somos dependentes de Deus a ponto de depositar nosso coração e os nossos sonhos e descansar?

Tenha um coração como o de uma criança. Seja puro nas suas ações. Seja honesto, sincero com Deus, dependente Dele e certamente você herdará o Reino dos céus. Que por meio dessa lição você aplique tudo isso da melhor forma. Tenha um coração dependente de Deus!

lagoinha GC

 

Acompanhe o programa Lagoinha GC toda quarta-feira, às 20h30, na Rede Super, (Canal TV Aberta 21, 211 – Oi ou 23 – Net) e aprofunde ainda mais no tema a ser discutido no seu pequeno grupo. Você pode assistir também no canal da Lagoinha no YouTube.

Acesse já, assista e aproveite para se inscrever no nosso canal!

:: Pr. Flavinho Marques