Created with Snap

Notícias

Ore pelo Kuwait: 43º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019

Nenhum Comentário
Foto: Portas Abertas

Foto: Portas Abertas

Com pontuação 60, o Kuwait se classificou em 43º na Lista Mundial da Perseguição 2019, com um ponto a menos que em 2018. A pressão ainda permanece muito alta, os convertidos do islamismo influenciam o peso da perseguição ao enfrentarem pressão de membros da família e comunidade local.

A sociedade está se tornando mais conservadora, produzindo assim um ambiente mais hostil aos cristãos, especialmente ex-muçulmanos. O governo por certo permitirá que isso continue, desde que não se sinta desafiado na administração do poder, para apaziguar os grupos islâmicos radicais na sociedade.

Notas sobre situação atual

• Alguns cristãos foram realocados dentro do país devido à pressão da sociedade.
• O abuso de trabalhadores estrangeiros é um fenômeno disseminado, com o caso do trabalhador filipino encontrado morto em um freezer em fevereiro de 2018, expondo apenas a ponta do iceberg. Dado o alto número de cristãos entre os trabalhadores expatriados, é razoável assumir que ao menos alguns deles não apenas experimentaram abuso sexual por causa de sua diferença étnica, mas também por causa da sua fé. Em outras palavras, é como se a fé cristã acrescentasse vulnerabilidade.
• Os cristãos temem que o surgimento do radicalismo sunita na região possa afetar a sociedade. Espera-se que isso não altere o registro do Kuwait de zero incidentes violentos contra os cristãos.
• O governo exige instrução religiosa islâmica para todos os alunos nas escolas públicas e estaduais. É proibido o ensino do cristianismo nas escolas, mesmo para os grupos cristãos legalmente reconhecidos.
• Segundo o relatório 2017/18 da Anistia Internacional, as autoridades continuam restringindo indevidamente o direito à liberdade de expressão, processando e prendendo por críticas ao governo e ativismo on-line, sob pena que criminaliza comentários considerados ofensivos ao líder da nação, Amir, ou que prejudiquem o relacionamento com estados vizinhos”. Isso dá uma indicação do ambiente restritivo em que os cristãos têm de viver.

Pedidos de oração:

  • O Kuwait tem estado muito nas notícias pela forma com que o país maltrata e abusa de trabalhadores asiáticos, especialmente babás e domésticas filipinas. Muitas delas são cristãs de famílias pobres. Ore por justiça nesta situação.
  • Peça por bênçãos especiais sobre os cristãos no Kuwait que cuidam de babás abusadas. Ore por cura.
  • De acordo com a constituição do Kuwait, o islamismo é a religião do Estado e a lei islâmica é uma fonte importante da legislação. Ore para que o país caminhe para a verdadeira liberdade religiosa.
  • Ore por familiares muçulmanos de cristãos, para que vejam o amor de Cristo na prática. Peça para que os cristãos tenham ousadia para compartilhar a fé sabiamente com aqueles que estão à sua volta.
  • Na sociedade, cristãos são vistos como de segunda classe, estrangeiros e infiéis. Eles são proibidos de participar das atividades comunitárias. Ore para que a comunidade cristã não seja desencorajada e continue mostrando o amor de Jesus para os muçulmanos.

Tipo de Perseguição: Opressão islâmica
Capital: Kuwait
Região: Oriente Médio
Líder: Amir Sabah al-Ahmed al-Jaber al-Sabah
Governo: Monarquia constitucional
Religião: Islamismo (oficial), cristianismo
Idioma: Árabe (oficial), inglês
Pontuação: 60
População: 4.2 milhões
População cristã: 436 mil

:: Porta Abertas